Resultados 1 al 14 de 14

Tema: Mundial de Motovelocidade 2019

  1. #1

    Mundial de Motovelocidade 2019

    Marevick Viñales domina Classificação e conquista pole em Losail

    Marevick Viñales abre a temporada com a primeira pole position da Temporada do Mundial de Motovelocidade. Com um grande domínio do piloto espanhol em cima da concorrência. Os principais protagonistas do Mundial de 2017 e de 2018 completaram a primeira fila.
    Na repescagem começou com as KTM mostrando força, Mas logo o Espanhol Jorge Lorenzo com a sua Honda mostrou sua força marcando o melhor tempo, Não muito longe vinha o Japonês Takaagi Nakagami com a sua LCR Honda em 2ºlugar. Ainda na primeira metade do Q1, Cal Crutchlow subiu para o primeiro lugar. Os 3 primeiros lugares tinham a moto da Honda, Sendo dois deles com Honda Satélite. Pol Espargaró liderava as KTM em 4ºlugar.
    Na segunda metade de treino parecia que Lorenzo iria levar a sua Honda para o Q2 sem problemas, mas a 3 minutos do final o Espanhol caiu e viu Takaagi Nakagami no final tomar o seu lugar no Q2. No final Lorenzo ainda ficou atrás de Francesco Bagnaia e de Valentino Rossi (Que chegou a ficar em um lamentável 11ºlugar) e vai largar em 15ºlugar. Os dois pilotos da LCR Honda passando para a fase final da classificação. Decepcionante a Classificação de Andrea Iannone em sua estreia na Aprilla e bem maior ainda a de Johann Zarco que só vai largar em 21ºlugar a frente apenas de Hafizh Syahrin e de Bradley Smith.
    Classificação do Q1:
    pos Piloto Equipe Motor Tempo
    1 35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda 1’54.270
    2 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda 1’54.431
    3 63 Francesco Bagnaia Alma Pramac Racing Ducati 1’54.472
    4 46 Valentino Rossi Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha 1’54.537
    5 99 Jorge Lorenzo Repsol Honda Team Honda 1’54.563
    6 44 Pol Espargaró Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’54.740
    7 88 Miguel Oliveira Red Bull KTM Tech 3 KTM 1’55.122
    8 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati 1’55.428
    9 29 Andrea Iannone Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’55.464
    10 17 Karel Abraham Reale Avintia Racing Ducati 1’55.642
    11 5 Johann Zarco Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’55.797
    12 55 Hafizh Syarhin Red Bull KTM Tech 3 KTM 1’55.937
    13 38 Bradley Smith Aprilia Factory Racing Aprilia 1’56.036
    A Classificação na fase final teve um domínio do Espanhol Marevick Viñales. Em sua primeira volta rápida o piloto da Yamaha colocou mais em 1 segundo em todos os outros pilotos. E depois Viñales administrou sua vantagem para conquistar a pole position. A primeira fila será completada por Andrea Dovizioso com a Ducati a 198 milésimos e Marc Marquez em 3º conquistando na sua última volta com ajuda do vácuo de Danilo Petrucci em e ficando a 1 milésimo do 2ºColocado.
    Na Segunda fila ficaram o Australiano Jack Miller que teve seus bons momentos de destaques no Q2. Porém a surpresa foi o Francês Fabio Quartararo que estreia na MotoGP com a nova equipe Petronas Yamaha, O mais jovem piloto da categoria principal incomodou muito chegando a ficar até mesmo na primeira fila na metade do treino. Cal Crutchlow completa a 2ªFila.
    Em sua estreia na Ducati oficial Danilo Petrucci não se destacou, só fez o bastante para largar em 7ºlugar abrindo a 3ªFila que terá a companhia de Franco Morbidelli da mesma Petronas Yamaha e de Takaagi Nakagami que chegou a se posicionar em 2ºlugar e confirmou os bons testes que fez na pré-temporada apesar do distante 9ºlugar. Na quarta fila ficaram os dois pilotos da Suzuki, Alex Rins e Joan Mir e o piloto da Aprilla Aleix Espargaró que pelo andar da carruagem vai dar uma surra em seu companheiro de equipe Andrea Iannone.
    Amanhã teremos a partir da 14 horas, Horário de Brasília a abertura da temporada do Mundial de Motovelocidade.
    Fotos:


    Grid de largada:
    pos Piloto Equipe Motor Tempo Voltas
    1 12 Maverick Viñales Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha 1’53.546 7
    2 4 Andrea Doviozioso Mission Winnow Ducati Ducati 1’53.744 7
    3 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 1’53.745 7
    4 43 Jack Miller Alma Pramac Racing Ducati 1’53.809 6
    5 20 Fabio Quartararo Petronas Yamaha SRT Yamaha 1’53.946 7
    6 35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda 1’54.095 13
    7 9 Danilo Petrucci Mission Winnow Ducati Ducati 1’54.200 7
    8 21 Franco Morbidelli Petronas Yamaha SRT Yamaha 1’54.236 7
    9 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda 1’54.239 14
    10 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’54.257 7
    11 36 Joan Mir Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’54.390 7
    12 41 Aleix Esparagaró Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’54.917 7
    13 63 Francesco Bagnaia Alma Pramac Racing Ducati 1’54.472 7
    14 46 Valentino Rossi Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha 1’54.537 7
    15 99 Jorge Lorenzo Repsol Honda Team Honda 1’54.563 4
    16 44 Pol Espargaró Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’54.740 7
    17 88 Miguel Oliveira Red Bull KTM Tech 3 KTM 1’55.122 7
    18 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati 1’55.428 5
    19 29 Andrea Iannone Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’55.464 7
    20 17 Karel Abraham Reale Avintia Racing Ducati 1’55.642 7
    21 5 Johann Zarco Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’55.797 6
    22 55 Hafizh Syarhin Red Bull KTM Tech 3 KTM 1’55.937 7
    23 38 Bradley Smith Aprilia Factory Racing Aprilia 1’56.036 6
    Texto: Deivison da Conceição da Silva
    Fotos: MotoGP
    Fonte: http://portalsportszone.com.br/?p=16618

  2. #2
    Moto 2 e Moto 3 tem a primeira experiência da nova classificação em Losail

    Introduzido na temporada de 2012 na MotoGP (No mesmo circuito de Losail no Qatar), Hoje os pilotos da Moto 2 e Moto 3 tiveram a primeira experiência de classificação. Uma tentativa de aproximar e de preparar melhor os jovens pilotos para a MotoGP que pode funcionar nisso é um ponto bem positivo.
    Mas esse novo formato tem um, porém que dá para ser corrigido tranquilamente. Tanto na moto 2 como na Moto 3 são 14 pré-classificados mais os 4 primeiros colocados da Represcagem, Ou seja, 18 pilotos classificados para a fase final da classificação. Eu já acho muito piloto para estar classificado para o Q2.
    Moto 2
    No Q1, Alguns bons pilotos disputavam a vaga, Como o Suíço Jesko Raffin com a moto da NTS. Luca Larini a 9 minutos do final saiu na frente marcando 1:59.415. Com o Japonês Nagashima, O Suíço Lecuona e o Experiente Italiano Simone Corsi. Na metade do treinamento fica evidente que a Sky Racing estava acima das outras equipes. Marini e Bulega vinha nas duas primeiras posições. A menos de 5 minutos do final. Nagashima da SAG e Di Giannantonio com a Speed UP eram os outros dois classificados. Lecuona e Raffin vinham logo atrás com chances de passar entre os 4 primeiros colocados.
    Lecuona a 2 minutos do final passou para o 4ºlugar. Na sua última volta rápida o piloto Suíço da American Racing KTM foi atrapalhado e perdeu a chance de melhorar. Di Giannantonio depois do cronometro zerado passou para o 4ºlugar, Mas na Curva 15 ele passa sua moto além da pista e tem sua volta anulada. Os Classificados para o Q2 foram Luca Marini e Nicolo Bulega da Sky Racing VR46, Tetsura Nakashima que volta bem para a equipe SAG e o Espanhol Iker Lecuona.
    Classificação do Q1:
    pos Piloto Equipe Motor Tempo
    1 10 Luca Marini SKY Racing Team VR46 Kalex 1’59.154
    2 11 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 Kalex 1’59.303
    3 45 Tetsuta Nagashima ONEXOX TKKR SAG Team Kalex 1’59.442
    4 27 Iker Lecuona American Racing KTM KTM 1’59.709
    5 21 Fabio di Giannantonio Ego Speed Up Speed Up 1’59.754
    6 2 Jesko Raffin NTS RW Racing GP NTS 1’59.786
    7 89 Khairul Idham Pawi Petronas Sprinta Racing Kalex 1’59.931
    8 24 Simone Corsi Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex 2’00.024
    9 16 Joe Roberts American Racing KTM KTM 2’00.506
    10 77 Dominique Aegerter MV Agusta Idealavoro Forward MV Agusta 2’00.518
    11 3 Lukas Tulovic Kiefer Racing KTM 2’00.836
    12 62 Stefano Manzi MV Agusta Idealavoro Forward MV Agusta 2’00.861
    13 35 Somkiat Chantra IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 2’00.872
    14 72 Marco Bezzecchi Red Bull KTM Tech 3 KTM 2’00.880
    15 65 Philipp Oettl Red Bull KTM Tech 3 KTM 2’00.929
    16 96 Jake Dixon Sama Qatar Angel Nieto Team KTM 2’00.951
    17 20 Dimas Ekky Pratama IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 2’01.291
    18 18 Xavi Cardelus Sama Qatar Angel Nieto Team KTM 2’02.863
    Na fase final da Classificação, Os quatro Classificados se juntaram ao outros 14 já pré-classificados para o Q2. Um deles Iker Lecuona demorou para voltar aos boxes, Ele esta desolado, Achando que não tinha passado para a o Q2. Uma grande falta de comunicação que acabou por comprometer a sua participação no final do treino.
    Nos primeiros 5 minutos no Q2, Lowes e Binder vinham com 3 parciais vermelhas, Mas no 4ºSetor perderam muito tempo e não superaram o tempo de Locatelli que começou liderando a classificação. Mas logo os pilotos Marcel Schrotter da Dynavolt, Xavi Vierge da Marc VDS estrela Galícia e Brad Binder da KTM passaram para os 3 primeiros lugares. Na volta seguinte Remy Gardner aparece muito bem e por segundos passou a liderança. Schrotter segundos depois recuperou a ponta baixando seu tempo para 1:58.749 colocando 143 milésimos de frente ao piloto Australiano.
    Só que Xavi Vierge acabou marcando 1:58.731 e tomando a liderança na metade da fase final de classificação. Até aquele momento: Vierge, Schrotter e Marini (Vindo do Q1) estavam fazendo a primeira fila) Enquanto isso, Jorge Martin que estreia na Moto 3 acabou indo ao chão. Remy Gardner, Sam Lowes, Thomas Luthi, Brad Binder, Lorenzo Baldassari, Augusto Fernandez e Alex Marquez completavam os 10 primeiros lugares.
    A 3 minutos e 50 segundos do final, Schrotter baixa um pouco mais seu tempo e tira Vierge da pole, Assumindo a liderança do Treino. A 1 minuto e 50 segundos do final, O Piloto alemão faz 1:58.585 e abre mais de 1 décimo a frente de Vierge. Quem subiu bem foi Lorenzo Baldassari que subiu para o 3ºlugar. Superando Luca Marini e Remy Gardner.
    No final não tivemos mudanças praticamente. Schrotter começa o ano com a Pole position, A Dynavolt parece ser uma das candidatas a serem a melhor equipe desse campeonato. Xavi Vierge larga em 2º representando muito bem a Marc VDS, Ao contraio de Alex Marquez que começa o ano largando em um desapontador 9ºlugar fechando a terceira fila. A primeira fila será completada pelo Italiano Lorenzo Baldassarri da Pons.
    A segunda fila vai ter Luca Marini que caiu na sua última volta, Remy Gardner com a moto da SAG fazendo um belíssimo treinamento larga em 5ºlugar e Sam Lowes larga em 6ºlugar com a moto da Gresini. Thomas Luthi volta a moto 2 com a segunda moto da Dynavolt, Abrindo a 3ªfila, Com Brad Binder da KTM e Alex Marquez da Marc VDS em 9º. Augusto Fernandez da Pons, Jorge Martin da KTM e Jorge Navarro da SpeedUP Completam os 12 primeiros colocados.
    Fotos:


    Grid de Largada – Moto 2
    pos Piloto Equipe Motor Tempo
    1 23 Marcel Schrotter Dynavolt Intact GP Kalex 1’58.585
    2 97 Xavi Vierge EG 0,0 Marc VDS Kalex 1’58.731
    3 7 Lorenzo Baldassarri Flexbox HP 40 Kalex 1’58.784
    4 10 Luca Marini SKY Racing Team VR46 Kalex 1’58.804
    5 87 Remy Gardner ONEXOX TKKR SAG Team Kalex 1’58.819
    6 22 Sam Lowes Federal Oil Gresini Moto2 Kalex 1’58.845
    7 12 Thomas Luthi Dynavolt Intact GP Kalex 1’59.004
    8 41 Brad Binder Red Bull KTM Ajo KTM 1’59.038
    9 73 Alex Marquez EG 0,0 Marc VDS Kalex 1’59.062
    10 40 Augusto Fernandez Flexbox HP 40 Kalex 1’59.213
    11 88 Jorge Martin Red Bull KTM Ajo KTM 1’59.278
    12 9 Jorge Navarro Ego Speed Up Speed Up 1’59.325
    13 33 Enea Bastianini Italtrans Racing Team Kalex 1’59.387
    14 45 Tetsuta Nagashima ONEXOX TKKR SAG Team Kalex 1’59.397
    15 11 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 Kalex 1’59.460
    16 27 Iker Lecuona American Racing KTM KTM 1’59.681
    17 5 Andrea Locatelli Italtrans Racing Team Kalex 1’59.708
    18 64 Bo Bendsneyder NTS RW Racing GP NTS 1’59.837
    19 21 Fabio di Giannantonio Ego Speed Up Speed Up 1’59.754
    20 2 Jesko Raffin NTS RW Racing GP NTS 1’59.786
    21 89 Khairul Idham Pawi Petronas Sprinta Racing Kalex 1’59.931
    22 24 Simone Corsi Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex 2’00.024
    23 16 Joe Roberts American Racing KTM KTM 2’00.506
    24 77 Dominique Aegerter MV Agusta Idealavoro Forward MV Agusta 2’00.518
    25 3 Lukas Tulovic Kiefer Racing KTM 2’00.836
    26 62 Stefano Manzi MV Agusta Idealavoro Forward MV Agusta 2’00.861
    27 35 Somkiat Chantra IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 2’00.872
    28 72 Marco Bezzecchi Red Bull KTM Tech 3 KTM 2’00.880
    29 65 Philipp Oettl Red Bull KTM Tech 3 KTM 2’00.929
    30 96 Jake Dixon Sama Qatar Angel Nieto Team KTM 2’00.951
    31 20 Dimas Ekky Pratama IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 2’01.291
    32 18 Xavi Cardelus Sama Qatar Angel Nieto Team KTM 2’02.863
    Moto 3
    Na primeira classificação com o novo formato, Deu para ver que não teria mais aquele grupo de mais de 10 pilotos tentando pegar o vácuo um do outro, As estratégias seriam bem diferentes. Num primeiro momento Raul Fernandez e Tatsuki Suzuki eram os 2 primeiros colocados. Porém tinha muita gente boa para buscar tempo e os pilotos estavam na verdade adaptando a esse novo formato ainda.
    Ramirez, Darryn Binder e Suzuki a 5 minutos do final estavam com as 4 vagas para o Q2. A 3 minutos e 40 do final, O Escocês John McPhee vai para a liderança passando seu tempo para casa do 2 minutos e 6 segundos. Fernandez, Ramirez e Vietti da VR46 estavam classificados.
    A Definição das vagas só foi feita depois do Cronometro. O Italiano Celestino Vietti acabou com o melhor tempo do Q1, John McPhee acabou sendo superado e ficou com o 2ºlugar. A surpresa foi Al Ogura que fez um excelente 3ºlugar. Raul Fernandez garantiu a última volta. Marcos Ramirez acabou decepcionando com o 6ºlugar, Já Jaume Masia pior ainda terminando o 13ºlugar.
    Classificação do Q1:
    pos Piloto Equipe Motor Tempo
    1 13 Celestino Vietti SKY Racing Team VR46 KTM 2’06.689
    2 17 John McPhee Petronas Sprinta Racing Honda 2’06.718
    3 79 Ai Ogura Honda Team Asia Honda 2’06.809
    4 25 Raul Fernandez Sama Qatar Angel Nieto Team KTM 2’06.834
    5 24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda 2’06.884
    6 42 Marcos Ramirez Leopard Racing Honda 2’07.253
    7 21 Alonso López Estrella Galicia 0,0 Honda 2’07.318
    8 71 Ayumu Sasaki Petronas Sprinta Racing Honda 2’07.373
    9 76 Makar Yurchenko BOE Skull Rider Mugen Race KTM 2’07.681
    10 40 Darryn Binder CIP Green Power KTM 2’07.868
    11 6 Ryusei Yamanaka Estrella Galicia 0,0 Honda 2’08.179
    12 69 Tom Booth-Amos CIP Green Power KTM 2’08.272
    13 5 Jaume Masia Bester Capital Dubai KTM 2’08.442
    12 Filip Salac Redox PruestelGP KTM Sem Tempo
    54 Riccardo Rossi Kommerling Gresini Moto3 Honda Sem Tempo
    Na Fase final de classificação vieram os pilotos melhores qualificados pelos tempos das 3 sessões livres. Após todos os pilotos terem marcado suas primeiras tentativas, A liderança e a pole position estava nas mãos de Romano Fenati. De volta ao Mundial de Motovelocidade pela equipe Snipers (A Mesma que correu em 2018 pela moto 2) depois da controversa e injustificável atitude do GP de San Marino. Aron Canet na equipe de Max Biaggi e Lorenzo Dalla Porta completava os 3 primeiros lugares. A 5 minutos e 40 do final, Kaito Toba e Tony Arbolino superaram Fenati e Canet e assumiram as 2 primeiras posições.
    Canet em nova volta rápida a 4 minutos e meio do final voltou a liderança. Enquanto a maioria dos pilotos estava na pista, Alguns outros estavam nos boxes para trocar os pneus para uma nova tentativa no final. Na reta final O Escocês John McPhee subiu para o 3ºlugar, A 425 milésimos do líder. Lorenzo Dalla Porta vinha com um temporal nos três primeiros setores, Mas no último setor ele perdeu tempo e ficou em 2ºlugar. Kaito Toba subiu para o 3ºlugar completando a primeira fila.
    Canet começa o ano com a pole position para o GP do Qatar. A equipe Sterilgarda Max Racing Team já estreia com o pé direito no Mundial de Motovelocidade e o piloto Espanhol quer mostrar que o franco ano de 2018 ficou para trás. Lorenzo Dalla Porta da Leopard Racing e Kaito Toba da Honda Asia Team completam a primeira fila. Na segunda fila largam o Escocês John McPhee da Petronas Sprinta Racing, Niccolò Antonelli da SIC58 Squadra Corse e Albert Arenas da Sama Qatar Angel Nieto Team. Outros dois pilotos que vieram do Q1 ficaram entre os 10 primeiros lugares: Celestino Vietti em 8º e Raul Fernandez em 10ºlugar. Quem decepcionou foi o Argentino Gabriel Rodrigo, Apontado como um dos favoritos ao título larga apenas em 12ºlugar.
    Fotos:


    Grid de Largada – Moto 3:
    pos Piloto Equipe Motor Tempo
    1 44 Aron Canet Sterilgarda Max Racing Team KTM 2’05.883
    2 48 Lorenzo Dalla Porta Leopard Racing Honda 2’06.080
    3 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda 2’06.109
    4 17 John McPhee Petronas Sprinta Racing Honda 2’06.308
    5 23 Niccolò Antonelli SIC58 Squadra Corse Honda 2’06.373
    6 75 Albert Arenas Sama Qatar Angel Nieto Team KTM 2’06.526
    7 14 Tony Arbolino Snipers Team Honda 2’06.621
    8 13 Celestino Vietti SKY Racing Team VR46 KTM 2’06.663
    9 77 Vicente Perez Reale Avintia Arizona 77 KTM 2’06.670
    10 25 Raul Fernandez Sama Qatar Angel Nieto Team KTM 2’06.673
    11 55 Romano Fenati Snipers Team Honda 2’06.681
    12 19 Gabriel Rodrigo Kommerling Gresini Moto3 Honda 2’06.805
    13 22 Kazuki Masaki BOE Skull Rider Mugen Race KTM 2’06.978
    14 84 Jakub Kornfeil Redox PruestelGP KTM 2’07.247
    15 79 Ai Ogura Honda Team Asia Honda 2’07.363
    16 7 Dennis Foggia SKY Racing Team VR46 KTM 2’07.411
    17 16 Andrea Migno Bester Capital Dubai KTM 2’07.525
    18 61 Can Oncu Red Bull KTM Ajo KTM 2’07.638
    19 24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda 2’06.884
    20 42 Marcos Ramirez Leopard Racing Honda 2’07.253
    21 21 Alonso López Estrella Galicia 0,0 Honda 2’07.318
    22 71 Ayumu Sasaki Petronas Sprinta Racing Honda 2’07.373
    23 76 Makar Yurchenko BOE Skull Rider Mugen Race KTM 2’07.681
    24 40 Darryn Binder CIP Green Power KTM 2’07.868
    25 6 Ryusei Yamanaka Estrella Galicia 0,0 Honda 2’08.179
    26 69 Tom Booth-Amos CIP Green Power KTM 2’08.272
    27 5 Jaume Masia Bester Capital Dubai KTM 2’08.442
    28 12 Filip Salac Redox PruestelGP KTM Sem Tempo
    29 54 Riccardo Rossi Kommerling Gresini Moto3 Honda Sem Tempo
    Texto: Deivison da Conceição da Silva
    Fotos: MotoGP
    Fonte: http://portalsportszone.com.br/?p=16632

  3. #3
    Assim como 2018, Dovizioso novamente em cima de Marquez conquista vitória em Losail

    Repetindo o ano de 2018 e o duelo das duas últimas temporadas o piloto da Ducati Andrea Dovizioso conquistou a vitória em Losail, Repetindo a vitória do ano passado e também repetindo praticamente a mesma vantagem em cima de Marc Marquez com a Honda. Uma atuação praticamente impecável do piloto Italiano, Que resistiu aos ataques não só do Marquez como de alguns ataques de Alex Rins com a Suzuki.
    Viñales largou bem mal e Dovizioso passou para a ponta com Jack Miller subindo para o segundo e Marquez manteve o 3ºlugar. Viñales caiu para o 6ºlugar atrás de Crutchlow e de Nakagami que subiu do 9º para o 5ºlugar.
    Marquez foi para cima de Miller e ultrapassou o piloto Australiano que voltou no final da primeira curva da segunda volta. Viñales perdeu 2 outras posições para os pilotos da Suzuki (Mir e Rins) caindo para o 8ºlugar. Jorge Lorenzo estava no fundo do pelotão, Em 19ºlugar.
    No final da segunda volta, Miller teve problemas com a peça do seu banco da sua moto e acabou despencando para o 12ºlugar. Marquez passou para o segundo lugar, Com Crutchlow, Mir e Rins nas 5 primeiras posições. As suas motos da Suzuki que não foram muito bem na classificação estavam muito bem no começo de corrida, Na 4ªVolta.
    Lá atrás, Fábio Quartararo vinha fazendo volta mais rápida em cima de volta mais rápida. Estava em 23ºlugar devido ao problema que ele teve na volta de apresentação. Ao terminar a 5ªvolta Rins e Mir da Suzuki superaram o inglês Cal Crutchlow passando para o 3º e 4ºlugares. Na metade da 5ªVolta, Rins passou Marquez e assume o segundo lugar, Era impressionante o desempenho da Suzuki. No final da volta 5, Rins passou para a liderança, Bastou uma reta para Dovi voltar a liderança usando a potência da Ducati.
    Dovizioso, Rins, Marquez, Mir, Crutchlow, Petrucci, Viñales, Rossi e Morbidelli estavam no primeiro pelotão da prova. Petrucci no final da 7ªvolta supera Crutchlow e assumiu o 5ºlugar. Rins superou Dovizioso e reassumiu a liderança. Na volta seguinte Dovizioso na curva 1 voltou a liderança superando Alex Rins. Nas curvas a Suzuki é uma moto melhor de ciclística, Nas Retas a Ducati se sobressai na potência em cima das outras. Marquez em 3º esta apenas superando o momento certo de atacar. Na 10ªVolta, Curva 6 Petrucci tomou o terceiro lugar das mãos de Marquez, Logo o Espanhol recuperou a posição.
    Marquez na 11ªVolta passou Rins e deu um chega pra lá no piloto da Suzuki e assumiu o segundo lugar com Petrucci se aproveitando e ganhando posição do piloto Espanhol da Suzuki. Na metade da prova: Dovi, Marquez, Petrucci, Rins e Crutchlow estavam nas 5 primeiras posições. Mir vinha perto em 6º, Um pouco mais atrás vinham a trinca da Yamaha: Viñales, Rossi e Morbidelli.
    Na marra e na raça, Na 12ªVolta Rins passou Petrucci voltando aos Top 3. Enquanto isso Quartararo lá atrás ultrapassou Lorenzo e assumiu o 16ºlugar. Uma tristeza a estreia do Gladiador do Asfalto na Honda. Com 14 Voltas completadas os dois pilotos da Pramac abandonaram com problemas na moto de ambos os pilotos (Bagnaia e Miller)
    Marquez vinha pressionando Dovizioso, Rins em 3º muito perto do dois e Crutchlow tentando ganhar o 4ºlugar do Danilo Petrucci. A 7 Voltas do final, Rins conseguiu a ultrapassagem sobre Marquez ganhando o 2ºlugar. Enquanto que Valentino Rossi largando em 14ºlugar passou o pole position Marevick Viñales ganhando o 7ºlugar.
    Rins passou Marquez e vinha resistindo a pressão de Marquez, não só isso. Na parte das curvas ele se aproximava de Dovizioso. Marquez em 3º tinha a incomoda companhia de Cal Crutchlow que vinha em 4ºlugar a frente de Petrucci e de Rossi que já estava em 6º a menos de 5 voltas do final. Na entrada da 19ªVolta Marquez supera Rins e assume de novo o 2ºlugar.
    A três voltas do final Rins erra na curva 1 e Crutchlow passou para o 3ºlugar, Rossi passou Petrucci e assumiu o 5ºlugar aos 40 anos de idade completados no dia 16 de Fevereiro. A 2 voltas do final parecia que o confronto era mesmo entre os rivais das 2 voltas temporadas. Se aproveitando do erro de Dovi, Marquez assumiu a liderança. Além deles Crutchlow e Rins vinham perto ainda acreditando na vitória.
    Na começo da Volta final Dovizioso toma a ponta de novo, Marquez precisava pressionar o piloto da Ducati para ter alguma chance de vitória, Um pouco mais atrás Crutchlow, Rins e Rossi disputavam o pódio. Na curva 8, 9 e 10 Marquez e Dovizioso ficaram lado a lado com vantagem para o piloto da Ducati. Dovi parecia estar com a vitória encaminhada mais para ele, Na curva final Marquez foi com tudo para cima do piloto Italiano e chegou a passar Dovizioso. Porém o piloto da Ducati recuperou a ponta e dai não perdeu mais a vitória ganhando pela 12ªVez na Carreira e a segunda vez em Losail. Uma grande vitória do piloto da Ducati que começa o ano na frente. Marc Marquez ainda não esta 100% fisicamente chegou em 2ºlugar, Colado em Dovizioso.
    Completando o pódio o piloto da LCR Honda Cal Crutchlow que andou muito bem e mostra que pode ser um bom aliado da Honda enquanto que Jorge Lorenzo da vexame com a moto da Honda em sua estreia. O Inglês superou o Espanhol Alex Rins no final da prova. Apesar do 4ºlugar o piloto da Suzuki fez uma grande corrida, Chegou a lutar pela vitória até o finalzinho quando acabou sendo superado pelo piloto da equipe satélite da Honda.
    Corridão de Valentino Rossi que saiu do 14ºlugar para levar sua Yamaha para o 5ºlugar. Superando vários pilotos com melhores motos. Danilo Petrucci fez uma corrida apenas regular, Chegou a ficar em 3ºlugar, Mas usando pneus mais macios acabou por sofrer pelo desgaste no final da prova e chegou em 6ºlugar. Quem não foi nada bem foi o Maverick Viñales que largou na pole e fez uma péssima largada e não conseguiu mais se recuperar ficando em 7ºlugar.
    Joan Mir estreou bem na MotoGP, Não foi tão bem como Rins, Mas o 8ºlugar não ficou nada mal. Completando os 10 primeiros colocados o japonês Takaagi Nakagami em grande desempenho no final de semana e de Aleix Espargaró tirando tudo e mais um pouco para levar a Aprilla ao 10ºlugar. Franco Morbidelli estreia na nova equipe da Yamaha em 11ºlugar após andar a primeira parte da prova no primeiro pelotão. Pol Espargaró levou o 12ºlugar com o melhor resultado da KTM.
    Jorge Lorenzo em uma péssima corrida acabou em 13ºlugar, Muito pouco para a Honda. Andrea Iannone com a Aprilla e Johann Zarco com a KTM completaram os 15 primeiros colocados. Fabio Quartararo acabou não conseguindo entrar na zona de pontuação. Daqui a 3 semanas teremos a segunda etapa do Mundial de motovelocidade na Argentina, em Termas de Rio Hondo.
    Fotos:


    Resultado final do GP do Qatar
    Mundial de Motovelocidade – Temporada 2019

    pos Piloto Equipe Motor Tempo
    1 4 Andrea Dovizioso Mission Winnow Ducati Ducati 42’36.902
    2 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda a 0.023
    3 35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda a 0.320
    4 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 0.457
    5 46 Valentino Rossi Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha a 0.600
    6 9 Danilo Petrucci Mission Winnow Ducati Ducati a 2.320
    7 12 Maverick Viñales Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha a 2.481
    8 36 Joan Mir Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 5.088
    9 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda a 7.406
    10 41 Aleix Espargaró Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 9.636
    11 21 Franco Morbidelli Petronas Yamaha SRT Yamaha a 9.647
    12 44 Pol Espargaró Red Bull KTM Factory Racing KTM a 12.774
    13 99 Jorge Lorenzo Repsol Honda Team Honda a 14.307
    14 29 Andrea Iannone Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 14.349
    15 5 Johann Zarco Red Bull KTM Factory Racing KTM a 15.093
    16 20 Fabio Quartararo Petronas Yamaha SRT Yamaha a 15.905
    17 88 Miguel Oiveira Red Bull KTM Tech 3 KTM a 16.377
    18 17 Karel Abraham Reale Avintia Racing Ducati a 22.972
    19 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati a 23.039
    20 55 Hafizh Syarhin Red Bull KTM Tech 3 KTM a 43.242
    OUT 38 Bradley Smith Aprilia Factory Racing Aprilia a 2 Voltas
    OUT 43 Jack Miller Alma Pramac Racing Ducati a 10 Voltas
    OUT 63 Francesco Bagnaia Alma Pramac Racing Ducati a 13 Voltas
    Texto: Deivison da Conceição da Silva
    Fotos: MotoGP
    Fonte: http://portalsportszone.com.br/?p=16664

  4. #4
    Marquez conquista a 7ªPole seguida em Austin

    Desde de 2013, Marc Marquez tem em Austin um território anexo a sua casa. Se quiserem correr de Moto no Texas, é Certo que a Formiga Atômica vai largar na primeira posição e que ele vai liderar a corrida inteira e vencer. Amanhã, se nada sair da normalidade, veremos Marquez subir no pódio pela 7ªvez seguida no Topo mais alto do Pódio no Circuito das Américas.
    No Q1, Os dois pilotos oficiais da Ducati e Jorge Lorenzo eram os favoritos ao Q2, De forma impressionante. Pilotos com equipamentos mais fracos classificaram para a fase final da classificação. O 3ºTreino livre não aconteceu. Oliveira se destacou no começo chegando a ficar na liderança com a KTM da equipe Tech 3. Porém Lorenzo vinha muito bem e pegou a primeira posição com uma briga entre o próprio Oliveira, Aleix Espargaró e Danilo Petrucci pelo segundo lugar.
    Dovizioso foi para a pista na metade final da repescagem, Em sua 3ªVolta o vice-líder do campeonato marcou uma grande volta e parecia que o piloto da Ducati garantiu uma das vagas. Porém não foi isso que aconteceu, Na reta final do Q1, Jorge Lorenzo acabou fazendo a melhor marca com 2’05.855. Dovizioso acabou sendo eliminado pelo seu companheiro de equipe. Danilo Petrucci acabou em sua última volta marcou 16 milésimos mais rápido que seu companheiro de equipe.
    Dovizioso acabou fracassando em melhorar sua última volta e vai largar em 13ºlugar. Joan Mir ficou em 14ºlugar e Takaaki Nakagami que passou para o Q2 nas duas etapas anteriores larga em 15ºlugar.
    Resultado do Q1:
    pos Piloto Equipe Moto Tempo
    1 99 Jorge Lorenzo Repsol Honda Team Honda 2’05.855
    2 9 Danilo Petrucci Mission Winnow Ducati Ducati 2’05.891
    3 4 Andrea Dovizioso Mission Winnow Ducati Ducati 2’05.907
    4 36 Joan Mir Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 2’06.147
    5 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda 2’06.324
    6 41 Aleix Espargaró Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 2’06.464
    7 29 Andrea Iannone Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 2’06.527
    8 88 Miguel Oliveira Red Bull KTM Tech 3 KTM 2’06.543
    9 5 Johann Zarco Red Bull KTM Factory Racing KTM 2’06.824
    10 17 Karel Abraham Reale Avintia Racing Ducati 2’07.129
    11 55 Hafizh Syarhin Red Bull KTM Tech 3 KTM 2’07.308
    12 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati 2’07.417
    Marquez puxou Lorenzo na sua primeira volta. A tática funcionou, A Formiga atômica assumiu a liderança com o Gladiador do Asfalto em 2º. Porém. A moto de Lorenzo acabou falhando na reta. Ele teve de deixar a embarcação no muro e ir para os boxes a pé pegar sua moto reserva. Nesse meio tempo, Lorenzo foi escalado por Valentino Rossi, Jack Miller, Marevick Viñales entre outros. Ao final da primeira parte da classificação Lorenzo vinha apenas em 10ºlugar, A frente apenas de Pol Espargaró e de Francesco Bagnaia a 5 minutos do final do Q2.
    Quando os pilotos voltaram a pista para a reta final da classificação, O Duelo que era esperado era entre Marquez e Rossi. Esse Confronto aconteceu na primeira volta da parte final. Marquez e Rossi fizeram a primeira parcial vermelha. Parecia que o duelo iria até o final com os dois rivais bem juntos no final, mas o piloto da Honda acabou fazendo uma segunda parcial ruim e desistiu da volta, Rossi tinha a chance da pole, Mas acabou perdendo tempo no 3ºSetor e marcando um bom tempo, em 2ºlugar.
    Outros pilotos melhoraram na reta final da classificação. Como Cal Crutchlow buscando o 3ºlugar, Jack Miller com sua Pramac Ducati em 4º e a surpreendente 5ªposição de Pol Espargaró.
    Mas a pole position ficou mesmo com Marc Marquez, sua 7ªpole em 7 corridas em Austin. A Formiga Atômica vai em busca da 7ªVitória no circuito norte-americano. Valentino Rossi vai largar em segundo lugar com sua Yamaha, O piloto de 40 anos de idade é o mais próximo perseguidor do Espanhol já que Andrea Dovizioso vai largar apenas em 13ºlugar.
    Cal Crutchlow completa a primeira fila com sua moto da LCR Honda, Abrindo a segunda fila largam o Rapidíssimo e arrojado Jack Miller da Pramac, Seguido de Pol Espargaró emocionado após uma brilhante volta com sua KTM. O 5ºlugar de hoje é o seu melhor grid da carreira na MotoGP. Completa a segunda fila O Espanhol Marevick Viñales com a outra Yamaha Monster Energy.
    Alex Rins chegou a ficar em 3ºlugar, Mas acabou perdendo terreno e larga apenas em 7ºlugar. A Mesma coisa aconteceu com o Danilo Petrucci que larga logo a seguir em 8ºlugar. Fabio Quartararo ficou na frente de Franco Morbidelli na disputa particular da Petronas Yamaha e completa a 3ªFila.
    Franco Morbidelli fica em 10ºlugar e abre a Quarta fila. Jorge Lorenzo ficou em 11ºlugar e só terminou na frente de Francesco Bagnaia, que caiu 2 vezes no Q2. Prejuízo para a Pramac com essas quedas. Amanhã a 3ªEtapa do Mundial de MotoGP será iniciada as 4 da tarde, Horário de Brasília.




    Grid de Largada do GP dos Estados Unidos
    Mundial de Motovelocidade – MotoGP

    pos Piloto Equipe Moto Tempo
    1 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 2’03.787
    2 46 Valentino Rossi Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha 2’04.060
    3 35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda 2’04.147
    4 43 Jack Miller Pramac Racing Ducati 2’04.416
    5 44 Pol Espargaró Red Bull KTM Factory Racing KTM 2’04.472
    6 12 Maverick Viñales Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha 2’04.489
    7 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 2’04.534
    8 9 Danilo Petrucci Mission Winnow Ducati Ducati 2’04.696
    9 20 Fabio Quartararo Petronas Yamaha SRT Yamaha 2’04.941
    10 21 Franco Morbidelli Petronas Yamaha SRT Yamaha 2’05.278
    11 99 Jorge Lorenzo Repsol Honda Team Honda 2’05.383
    12 63 Francesco Bagnaia Pramac Racing Ducati 2’05.887
    13 4 Andrea Dovizioso Mission Winnow Ducati Ducati 2’05.907
    14 36 Joan Mir Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 2’06.147
    15 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda 2’06.324
    16 41 Aleix Espargaró Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 2’06.464
    17 29 Andrea Iannone Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 2’06.527
    18 88 Miguel Oliveira Red Bull KTM Tech 3 KTM 2’06.543
    19 5 Johann Zarco Red Bull KTM Factory Racing KTM 2’06.824
    20 17 Karel Abraham Reale Avintia Racing Ducati 2’07.129
    21 55 Hafizh Syarhin Red Bull KTM Tech 3 KTM 2’07.308
    22 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati 2’07.417
    Texto: Deivison da Conceição da Silva
    Fotos: MotoGP
    Fonte: http://portalsportszone.com.br/?p=17052

  5. #5
    Marquez cai e da adeus a sequência de vitórias em Austin, Rins conquista primeira vitória na MotoGP

    Se imaginávamos que iriamos contar a mesma história desde de 2013, Com Marquez vencendo no Circuito das Américas. Dessa vez não foi o que aconteceu. O Piloto espanhol vinha na frente, com larga folga para seus adversários, Mas acabou caindo na metade da corrida e a partir dai deu a chance para o piloto da Suzuki, Alex Rins vencesse sua primeira corrida no Mundial de MotoGP.
    Na Largada, Marquez chegou a ver ameaçada sua liderança, Rossi e Crutchlow pularam bem, Mas ainda assim deu para a Formiga Atômica permanecer na liderança, Com Rossi, Crutchlow e Miller completando os 4 primeiros lugares. Já Andrea Dovizioso fez uma bela largada, Pulando do 13ºlugar para o 7ºlugar em apenas. Rins e Morbidelli completavam os 6 primeiros colocados.
    Enquanto Marquez começava a abrir diferença para Rossi, A Direção de prova puniu Marevick Viñales e Joan Mir por terem queimado a largada. Os dois acabaram comprindo as punições na 6ª (Mir) e 7ª (Viñales).
    Enquanto isso, Rossi vinha liderando o grupo, Com Cal Crutchlow, Jack Miller e Alex Rins. Mais atrás, Franco Morbidelli dava muito trabalho para Dovizioso na disputa pelo 6ºlugar. Em 5 Voltas, Marquez abriu 2.3 segundos de Rossi. Começava o passeio do piloto da Honda no Texas.
    Na 6ªVolta, Cal Crutchlow acabou caindo e deixando a prova. Rossi ficou mais folgado em 2ºlugar, Miller vinha preocupado mais com os ataques de Alex Rins. A corrida vinha sem muitas novidades.
    Até que veio a 9ªVolta, Na entrada da Reta oposta, Rins ganhou o 3ºlugar de Jack Miller. Porém, na curva seguinte, Marquez foi ao chão na curva 12, Tentou voltar, mas não conseguiu. Após 6 anos seguidos de vitória no Texas, Dessa vez Marquez volta aos boxes antes do final da prova e sem a taça de vencedor.
    Rossi assumiu a liderança, Era a chance do Veterano vencer pela primeira vez, O piloto da Yamaha não vencia desde do GP da Holanda de 2017. Porém, Rins vinha em 2ºlugar e Miller em 3º com sua Ducati Pramac vinham perto do líder.
    O dia não foi mesmo da Repsol e nem da Honda, Jorge Lorenzo que vinha em uma corrida apagada, Acabou deixando a prova com problemas mecânicos em sua moto.
    Rossi e Rins começaram a se distanciar de Jack Miller, que sentiu o desgaste da sua moto ficando muito para trás. Dovizioso vinha longe em 4º, Conseguindo superar Franco Morbidelli.
    O piloto da Suzuki foi para cima de Rossi e começou a travar um duelo com o piloto da Yamaha pela vitória. Era Rossi com suas 114 vitórias na Carreira contra o espanhol que buscava a primeira vitória na principal Categoria.
    Rossi resistiu como pode, Mas não evitou a ultrapassagem de Rins a 4 voltas do final, Rossi não desistiu e tentou no final da reta oposta o troco. Conseguiu passar, Mas perdeu a Trajetória da Curva e permitiu que Rins desse o X e voltasse a liderança.
    Nas voltas finais, Rossi tentou tirar recuperar a ponta e tirar a Vitória das mãos de Rins, Mas não teve sucesso. O piloto da Suzuki que fez uma bela temporada em 2018 e começou bem a temporada desse ano finalmente cruzou a linha de chegada na liderança e conquistou a sua primeira vitória na MotoGP. A Suzuki por sua vez, quebra um jejum de quase 3 anos, A Marca não vencia desde do GP da Inglaterra de 2016 com Marevick Viñales.
    Valentino Rossi acabou ficando em 2ºlugar, Subindo pela segunda vez no pódio e passando a vice-liderança do Mundial. Porém, acabou ficando frustrado por não ter conseguido ganhar a corrida. O pódio foi completado pelo Australiano Jack Miller, Que chegou 1 segundo a frente de Andrea Dovizioso, O piloto da equipe oficial da Ducati fez uma corrida apenas regular, Com uma boa prova de recuperação, mas com os resultados, vai sair dos Estados Unidos na liderança do Mundial. Com 54 pontos.
    Franco Morbidelli conquistou o melhor resultado da Carreira, ficando em 5ºlugar com sua Yamaha Petronas. Pela 3ªVez na temporada Danilo Petrucci terminou a prova em 6ºlugar, Mesma posição que ocupa no campeonato.
    Fabio Quartararo ficou em 7ºlugar, Um belo começo de ano da equipe Petronas e dos dois pilotos da equipe. Pol Espargaró ficou em 8ºlugar, Com uma bela classificação e uma boa corrida do piloto Espanhol da KTM. Francesco Bagnaia teve um domingo melhor, Se manteve em pé e terminou a corrida em 9ºlugar e completando os 10 primeiros colocados, O Japonês Takaaki Nakagami. O Japonês foi o único piloto da Honda que conseguiu ver a linha de chegada.
    Marevick Viñales teve um outro dia para esquecer, Não sabemos como seria seu desempenho se não tivesse queimado a largada, Mas infelizmente a punição acabou comprometendo seu resultado. Ficando em 11ºlugar, Ele esta a 40 pontos do líder em 12ºlugar no Campeonato.
    Andrea Iannone com a Aprilla, Johann Zarco com a KTM, Miguel Oliveira da Tech 3 e Tito Rabat da Avintia completaram a zona de pontuação. Joan Mir ficou apenas em 17ºlugar, pelo menos comemorou a vitória de Rins.
    A MotoGP vai para a Europa, Daqui a 3 semanas teremos a primeira corrida no velho continente, com a etapa de Jerez de la Fronteira. Até lá, O Campeonato tem Dovizioso, Rossi, Rins e Marquez nas 4 primeiras posições separados por 9 pontos e 4 marcas diferentes disputando a ponta em 3 corridas. A Moto GP sem dúvida atinge hoje um grau de competitividade muito elevado nas competições do Esporte a Motor.
    Fotos:




    Resultado do Mundial de Motovelocidade – GP dos Estados Unidos
    pos Piloto Equipe Moto Tempo
    1 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 41’45.499
    2 46 Valentino Rossi Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha a 0.462
    3 43 Jack Miller Pramac Racing Ducati a 8.454
    4 4 Andrea Dovizioso Mission Winnow Ducati Ducati a 9.420
    5 21 Franco Morbidelli Petronas Yamaha SRT Yamaha a 18.021
    6 9 Danilo Petrucci Mission Winnow Ducati Ducati a 21.476
    7 20 Fabio Quartararo Petronas Yamaha SRT Yamaha a 26.111
    8 44 Pol Espargaró Red Bull KTM Factory Racing KTM a 29.743
    9 63 Francesco Bagnaia Pramac Racing Ducati a 30.608
    10 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda a 31.011
    11 12 Maverick Viñales Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha a 34.077
    12 29 Andrea Iannone Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 34.779
    13 5 Johann Zarco Red Bull KTM Factory Racing KTM a 42.458
    14 88 Miguel Oliveira Red Bull KTM Tech 3 KTM a 44.272
    15 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati a 44.623
    16 17 Karel Abraham Reale Avintia Racing Ducati a 44.740
    17 36 Joan Mir Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 48.063
    18 55 Hafizh Syarhin Red Bull KTM Tech 3 KTM a 1’07.683
    NC 99 Jorge Lorenzo Repsol Honda Team Honda a 10 Voltas
    NC 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda a 12 Voltas
    NC 35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda a 15 Voltas
    NC 41 Aleix Espargaró Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 15 Voltas
    Texto: Deivison da Conceição da Silva
    Fotos: MotoGP
    Fonte: http://portalsportszone.com.br/?p=17083

  6. #6
    Marquez mesmo com queda sobre chuva leva a pole em Le Mans

    Em condições difíceis ou no tempo seco se você apostar na pole de Marc Marquez você tem uma boa chance de acertar. Hoje sobre uma pista melada, Marquez acabou levando a pole position de número 55 na MotoGP e esta a 2 poles do recordista Michael Doohan, Que correu de 1989 a 1999 e tem 59 poles na categoria principal. E isso com uma queda após sua melhor volta. Porém, nenhum conseguiu melhorar sua marca.
    Foi um treino muito difícil, Desde da Repescagem, aonde tinha o vice-líder do Campeonato Alex Rins, Valentino Rossi e Cal Crutchlow. Na primeira tentativa, Zarco e Oliveira eram os líderes.
    Valentino Rossi ao contraio de todos os outros pilotos que optaram por pneus de chuva a 8 minutos e 50 segundos do final acabou marcando 1:39.074 e na volta seguinte o veterano marcou 1:37.667 e se consolidou na frente, com Franco Morbidelli em 2º. Todos os outros pilotos vendo o que Rossi fez foram trocar os pneus, Mas ao mesmo tempo que todos foram trocar suas motos ou seus compostos a chuva começou a apertar .
    Poucos pilotos conseguiram melhorar seu tempo, Foi o caso de Cal Crutchlow que subiu do 8º para o 5ºlugar, mas nem de longe ameaçou a Classificação ao Q2 de Franco Morbidelli e muito menos o tempo de Valentino Rossi. Francesco Bagnaia, Johann Zarco e Cal Crutchlow vieram logo a seguir. Alex Rins ficou em 9ºlugar e vai ter de começar a prova em um difícil 19ºlugar.
    Classificação do Q1:
    pos Piloto Equipe Moto Tempo
    1 46 Valentino Rossi Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha 1’37.667
    2 21 Franco Morbidelli Petronas Yamaha SRT Yamaha 1’39.262
    3 63 Francesco Bagnaia Pramac Racing Ducati 1’39.982
    4 5 Johann Zarco Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’40.029
    5 35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda 1’40.114
    6 88 Miguel Oliveira Red Bull KTM Tech 3 KTM 1’40.385
    7 17 Karel Abraham Reale Avintia Racing Ducati 1’40.482
    8 36 Joan Mir Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’40.606
    9 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’40.706
    10 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati 1’41.351
    11 55 Hafizh Syahrin Red Bull KTM Tech 3 KTM 1’41.717
    12 29 Andrea Iannone Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’41.786
    A decisão da pole poderia ser completamente imprevisível, Porém ela foi decidida nos primeiros minutos. Petrucci começou na frente com Miller em 2º. Mas Marquez foi para uma volta voadora e ai senhores, Quando a Formiga Atômica que a pole position é bem difícil de segurar. O piloto da Honda fez 1’40.952. Quando ele foi tentar uma volta melhor na Curva 6 ele caiu, No que poderia tornar tudo isso um desastre.
    Porém depois da metade da classificação, Tivemos pilotos melhorando suas marcas, Mas nenhuma delas chegou no tempo do Marquez, Nem mesmo no tempo do Australiano Jack Miller que também caiu da parte final da classificação.
    Valentino Rossi chegou a pular do 10º para o 7ºlugar e na volta seguinte ganhou mais duas posições chegando ao 5ºlugar.
    A chuva acabou aumentando de intensidade e impediu que tivéssemos uma disputa maior pela pole position, Que acabou ficando nas mãos de Marc Marquez com a Honda. Mesmo com 360 milésimos a frente de Danilo Petrucci não foi uma pole fácil, Muito por causa da queda que ele teve depois.
    Danilo Petrucci larga em 2ºlugar e se tiver um tempo de chuva pode pintar a sua primeira vitória na MotoGP, O Rápido Australiano Jack Miller, rapidíssimo na Chuva completa a primeira fila.
    Em busca da liderança, Andrea Dovizioso abre a 2ªFila com a outra Ducati oficial (Que tem 3 motos nas 4 primeiras posições) vai para a corrida para fazer mais uma corrida bem cerebral. Valentino Rossi leva a primeira Yamaha do Grid com o 5ºlugar e o Franco Morbidelli da Petronas completa a 2ªFila. Os dois pilotos que chegaram ao Q2 pela repescagem foram bem no Q2.
    O Japonês Takaaki Nakagami que também caiu no final do Treino larga em uma boa 7ªposição, Com a moto de 2018 da Honda superando a Jorge Lorenzo. O Gladiador do Asfalto esta começando a ficar muito pressionado por resultados, A Honda não esta a fim de esperar muito tempo por bons resultados de Lorenzo que larga em 8º. Um esforçado e dedicado Aleix Espargaró leva a Aprilla ao 9ºlugar.
    Completando os 12 primeiros: Fábio Quartararo que ficou frustrado pelo seu desempenho nos treinos, Marevick Viñales que depois do pódio em Jerez e agora fica só a Frente de Pol Espargaró que não fez volta no Q2.
    Amanhã as 6 da manhã teremos a corrida da Moto 3, as 7 e 20 da manhã teremos a Moto 2 e as 9 da manhã (Horário de Brasília) No Sportv teremos a prova da categoria principal, Sob tempo fechado e quem sabe com chuva em LeMans Bugatti.
    Fotos:




    Grid de Largada:
    pos Piloto Equipe Moto Tempo
    1 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 1’40.952
    2 9 Danilo Petrucci Ducati Team Ducati 1’41.312
    3 43 Jack Miller Pramac Racing Ducati 1’41.366
    4 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati 1’41.552
    5 46 Valentino Rossi Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha 1’41.655
    6 21 Franco Morbidelli Petronas Yamaha SRT Yamaha 1’41.681
    7 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda 1’42.059
    8 99 Jorge Lorenzo Repsol Honda Team Honda 1’42.067
    9 41 Aleix Espargaró Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’42.450
    10 20 Fabio Quartararo Petronas Yamaha SRT Yamaha 1’42.509
    11 12 Marevick Viñales Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha 1’42.555
    12 44 Pol Espargaró Red Bull KTM Factory Racing KTM Sem Tempo
    13 63 Francesco Bagnaia Pramac Racing Ducati 1’39.982
    14 5 Johann Zarco Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’40.029
    15 35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda 1’40.114
    16 88 Miguel Oliveira Red Bull KTM Tech 3 KTM 1’40.385
    17 17 Karel Abraham Reale Avintia Racing Ducati 1’40.482
    18 36 Joan Mir Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’40.606
    19 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’40.706
    20 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati 1’41.351
    21 55 Hafizh Syahrin Red Bull KTM Tech 3 KTM 1’41.717
    22 29 Andrea Iannone Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’41.786
    Texto: Deivison da Conceição da Silva
    Fotos: MotoGP
    Fonte: http://portalsportszone.com.br/marqu...le-em-le-mans/

  7. #7
    Marc Marquez domina em Le Mans e conquista vitória de número 300 da Honda do Mundial

    No frio e com pista em situação difícil, Só que o vencedor não mudou. Marc Marquez chega a 3ªVitória da temporada. O Pole position teve algum trabalho com o Australiano Jack Miller por algumas voltas, Mas depois da 8ªVolta a formiga Atômica passou a liderança para disparar e conquistar a vitória em Le Mans abrindo 8 pontos de vantagem para Andrea Dovizioso, 2ºColocado na prova e no campeonato.
    A Pista em condições complicadas proporcionou que Karel Abraram e Joan Mir acabassem caindo no chão na volta de apresentação. Os dois tiveram que ir aos boxes para pegarem uma moto reserva de Ambos.
    Na Largada, Marquez passa sufoco de Petrucci, Mas consegue a manutenção da Liderança, Miller vinha em 2º, Seguido Morbidelli e Rossi completavam os 4 primeiros colocados. No final da primeira volta, Rossi supera Morbidelli e assume o 4ºlugar.
    Na Curva 8 da 3 Volta, Petrucci perde o segundo lugar para Jack Miller que foi para cima da Formiga Atômica. Andrea Dovizioso que acabou prejudicado na largada e caiu para o 7ºlugar, Se recuperou rapidamente superando Pol Espargaró, Franco Morbidelli e depois o Italiano Valentino Rossi (Que vinha sendo 10 km mais lento de reta do que seu adversário) subindo para o 4ºlugar.
    Na 6ªVolta, Miller com muita audácia e valentia passou Marquez e assumiu a liderança. Essa liderança durou por 2 voltas apenas. O ímpeto do piloto da Pramac durou até o começo da 8ªvolta, Foi quando Marc Marquez, Na Mesma curva 3 ultrapassou o Australiano e Voltar a liderança da prova. Na Mesma volta, Francesco Bagnaia acabou derrubando a Marevick Viñales (Que largou mal e vinha fazendo uma péssima corrida) E ambos abandonaram a prova.
    Karel Abraham foi desclassificado por ter largado depois que o líder tinha completado a primeira volta (Punição besta e sem noção de existir) Para a Avintia a corrida foi um fiasco, Esteve Rabat acabou também de fora da prova na 4ªVolta.
    Marquez vinha na frente com Miller e Dovizioso acompanhando de perto em 2º e 3º, Rossi vinha em 4º um pouco mais atrás e Danilo Petrucci em 5º. Pol Espargaró em grande corrida segurava o 6ºlugar dos ataques de Franco Morbidelli. Crutchlow e Lorenzo vinham em 8º e 9ºlugares. O Espanhol Alex rins vinha em 11º na sua Saga para recuperar posições.
    Na 14ªVolta, Petrucci foi para cima de Rossi e superou o piloto da Yamaha, recuperando o 4ºlugar. Enquanto que Marquez abria 1.3 segundos. Enquanto que Miller e Dovizioso disputavam o 2ºlugar, Até que um erro do piloto da Pramac na curva 8 fez com que o Italiano assumisse o segundo lugar, Mas com toda a briga entre os dois pilotos a vantagem de Marquez para Dovizioso subiu para 2.8 segundos.
    Enquanto Marquez vinha encaminhando a vitória, Lorenzo vinha ficando cada vez mais para trás, Sendo superado pelo Francês Fabio Quartararo. Era mais uma corrida para o Gladiador do Asfalto (Se é que deveríamos chamar ele disso) esquecer.
    Danilo Petrucci começou a render muito bem, Passando Jack Miller assumindo o 3ºlugar a 9 voltas do final. Nas voltas finais, Dovizioso sofreu a pressão de Petrucci, o novato na equipe Ducati queria o 2ºlugar, Fez por duas vezes a ultrapassagem, mas acabou alongando a curva demais e permitindo que Dovi voltasse. Por causa dessa briga, Miller e Rossi chegaram nos pilotos da Ducati nesse final de prova.
    Marc Marquez acabou levando a Honda para a 3ªvitória no ano e levou a marca a 300 vitórias no Mundial de Motovelocidade. Uma marca histórica para a marca japonesa. O Espanhol mostra que esta muito na frente da concorrência.
    Andrea Dovizioso segurou o pelotão inteiro e conseguiu o segundo lugar e sai da França a apenas 8 pontos atrás de Marquez. Porém, Se Marquez continuar tendo um desempenho como tem hoje, Vai ser muito difícil que o piloto da Ducati possa duelar com a Formiga Atômica. O pódio foi completado pelo Danilo Petrucci com a outra Ducati oficial. Foi o primeiro pódio dele na equipe de Fábrica, Calando um pouco os seus críticos e superando ao Australiano Jack Miller da Pramac.
    Valentino Rossi não conseguiu fazer uma corrida capaz de lhe dar um pódio. O 5ºlugar é até frustrante para ele, agora ele fica longe demais de Marquez ao final da 5ªprova da temporada. Assim como foi Frustrante a prova para Alex Rins que ficou em 10ºlugar e agora esta a 20 pontos da Liderança do Mundial. O Final de Semana da Suzuki deu tudo erradíssimo já que Joan Mir largou muito atrasado e ficou em 16ºlugar.
    Quem fez uma brilhante corrida foi Pol Espargaró, Levar a KTM para o 6ºlugar e chegar perto do pelotão da frente é uma mostra de força tanto do piloto Espanhol como da Moto que parece ter evoluído mais do que a Aprilla. A corrida de Pol foi espetacular, Segurou ao Ítalo-Brasileiro Franco Morbidelli que depois de um começo promissor acabou a prova em um honroso 7ºlugar.
    Fabio Quartararo teve um ótimo final de corrida, Apesar da decepcionante Classificação do Sábado ele reagiu e levou o 8ºlugar. Superando no final a Cal Crutchlow que se arrastou no final para ficar em 9ºlugar. Rins fechou os Top 10.
    E continua o inferno astral de Jorge Lorenzo! Em mais uma exibição patética o Espanhol acaba a prova em 11ºlugar e o resultado dá força aos boatos de demissão ao final da temporada para o Tricampeão do Mundo. Aleix Espargaró com a Aprilla fez o que era possível em 12ºlugar, Johann Zarco em mais uma corrida decepcionante ficou em 13º e a Tech 3 conseguiu levar seus dois pilotos a Zona de Pontuação. Pela Primeira vez no ano que Hafizh Syarhin terminou nos pontos, Ao chegar em 14ºlugar e Miguel Oliveira fechou a zona de pontos.
    Daqui a duas semanas teremos a prova na casa da Ducati, Em Mugello. Até lá, engenheiros, Mecânicos, Estrategistas, Pais de Santos, Feiticeiros, Entre todos os meios possíveis terão de achar um meio de parar Marc Marquez, O Grande Favorito ao Título da Temporada de 2019.
    Fotos:




    Resultado final do GP da França
    Mundial de Motovelocidade

    Pos Piloto Equipe Moto Tempo
    1 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 41’53.647
    2 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati a 1.984
    3 9 Danilo Petrucci Ducati Team Ducati a 2.142
    4 43 Jack Miller Pramac Racing Ducati a 2.940
    5 46 Valentino Rossi Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha a 3.053
    6 44 Pol Espargaró Red Bull KTM Factory Racing KTM a 5.935
    7 21 Franco Morbidelli Petronas Yamaha SRT Yamaha a 7.187
    8 20 Fabio Quartararo Petronas Yamaha SRT Yamaha a 8.439
    9 35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda a 9.853
    10 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 13.709
    11 99 Jorge Lorenzo Repsol Honda Team Honda a 15.003
    12 41 Aleix Espargaró Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 29.512
    13 5 Johann Zarco Red Bull KTM Factory Racing KTM a 33.061
    14 55 Hafizh Syarhin Red Bull KTM Tech 3 KTM a 35.481
    15 88 Miguel Oliveira Red Bull KTM Tech 3 KTM a 36.044
    16 36 Joan Mir Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 1 Volta
    x 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda a 9 Voltas
    x 29 Andrea Iannone Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 19 Voltas
    x 12 Maverick Viñales Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha a 21 Voltas
    x 63 Francesco Bagnaia Pramac Racing Ducati a 21 Voltas
    x 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati a 25 Voltas
    x 17 Karel Abraham Reale Avintia Racing Ducati Desclassificado
    Texto: Deivison da Conceição da Silva
    Fotos: MotoGP
    Fonte: http://portalsportszone.com.br/marc-...da-do-mundial/

  8. #8
    Marquez toma pole de Quartararo no último momento em Mugello

    Os adversários de Marc Marquez são muito determinados para tirar ele do Trono. Fazem de tudo, Mudam estilo de pilotagem, tentam as mais variadas estratégias, Fazem tudo que é possível. Só que Marquez no final consegue transformar todo esse esforço em pó. Foi o que mais uma vez aconteceu hoje. A Formiga atômica conquistou a pole position no circuito de Mugello, para o GP da Itália. Superando no final ao Francês Fabio Quartararo, que faz uma excelente temporada e fez um excelente treino.
    A Classificação no Q1 teve vários pilotos fortes na disputa por 2 vagas. Valentino Rossi, Jorge Lorenzo, Alex Rins e Andrea Dovizioso. Porém, Quem brilhou no começo foi o Piloto de Testes da Ducati Michele Pirro, Ele sofreu um terrível acidente no ano passado e parece que isso não tirou a coragem dele acelerar na rápida pista de Mugello e muito menos na grande reta dos boxes. Ele marcou o melhor tempo na primeira parte da Classificação, Com Alex Rins na segunda posição e Aleix Espargaró em 3ºlugar.
    Andrea Dovizioso Tentou uma volta rápida, Como vice líder do campeonato o Italiano precisava passar para o Q2, Mas não conseguiu um tempo melhor que o 3ºlugar. Na metade da classificação, Pirro e Rins estavam classificando para o Q2. Dovizioso vinha em 3º, Aleix Espargaro na 4ª e uma surpresa, Karel Abraham estava na 5ªposição e vinha a frente de Lorenzo e de Rossi a 6 minutos do final.
    Os pilotos foram para as suas últimas tentativas. Dovizioso estava no puro desespero, precisava fazer a volta para passar ao Q2, Na sua primeira tentativa não conseguiu, Ele vinha com Esteve Rabat na sua cola. Dovi ainda tinha mais uma chance de fazer a volta. Dessa vez ele aproveita e acabou fazendo a melhor marca, Com 5 milésimos a frente de Michele Pirro. Os dois pilotos da Equipe Ducati se classificaram para o Q2. Alex Rins acabou ficando de fora do Q2 e vai largar em 13ºlugar. Esteve Rabat se aproveitou do vácuo de Dovizioso e acabou com uma boa 4ªposição.
    Enquanto isso Valentino Rossi em 7º e Jorge Lorenzo em 8ºlugar ficaram longe demais do Q2, Os dois terão muito trabalho largando na 6ªFila. O Italiano Andrea Iannone ficou em último lugar e mostra cada vez mais e mais que esta longe de ser um piloto da principal categoria Mundial.
    Classificação do Q1:
    Pos Piloto Equipe Moto Tempo
    1 4 Andrea Dovizioso Mission Winnow Ducati Ducati 1’46.278
    2 51 Michele Pirro Mission Winnow Ducati Ducati 1’46.283
    3 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’46.539
    4 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati 1’46.678
    5 41 Aleix Espargaró Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’46.899
    6 17 Karel Abraham Reale Avintia Racing Ducati 1’47.028
    7 99 Jorge Lorenzo Repsol Honda Team Honda 1’47.135
    8 46 Valentino Rossi Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha 1’47.184
    9 5 Johann Zarco Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’47.394
    10 36 Joan Mir Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’47.519
    11 55 Hafizh Syarhin Red Bull KTM Tech 3 KTM 1’48.222
    12 88 Miguel Oliveira Red Bull KTM Tech 3 KTM 1’48.235
    13 29 Andrea Iannone Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’48.303
    No Q2, Os dois pilotos da Ducati se juntaram aos outros 10 pilotos para a fase final da Classificação. Marquez desde dos primeiros momentos do Q2 luta por cada espaço para conquistar a pole. Isso valeu muito, com 1:46.291 ele assume a liderança, Com Jack Miller e Michele Pirro logo atrás. Só que o Francês Fabio Quartararo voou baixo para colocar sua Yamaha da equipe Petronas a casa do 1:45 e passar para a liderança a 10 minutos do final.
    Marevick Viñales subiu para o 3ºlugar e na volta seguinte passou para a segunda posição, Com duas Yamahas nas duas primeiras posições, Marquez precisava voltar a pista para recuperar a pole. Quem vinha em maus lençóis era Andrea Dovizioso, que vinha em uma patética 12ªposição, A 1.4 segundos do primeiro lugar.
    Na Reta final, Miller fez as duas parciais muito boas, Mas perdeu um pouco no final e acabou fazendo o 2ºtempo, Que segundos depois foi tomado pelo Italiano Danilo Petrucci e com Franco Morbidelli subindo na classificação, Marquez caiu para o 6ºlugar.
    O líder do Campeonato foi para a sua volta final a Fim de desbancar Quartararo que também estava na sua última volta rápida. Tanto Marquez como Quartararo estavam com parciais melhores, A Decisão seria apertada. No final, Marquez marcou 1:45.519 e Quartararo marcou 1:45.733. Isso sacramentou mais uma pole position para o piloto da Honda. Apesar da Força do piloto Francês, Será bem difícil tirar a vitória das mãos de Marc Marquez.
    Quartararo com a Yamaha Petronas larga em 2º e Danilo Petrucci com a Ducati larga em 3ºlugar, Bem melhor do que Andrea Dovizioso, Apesar dele ter conseguido passar para o Q2 seu desempenho foi bem fraco na disputa da pole, e o vice-líder do campeonato só vai largar em 9ºlugar, fechando a 3ªFila.
    Na Segunda fila largam Franco Morbidelli com a outra moto da Yamaha Petronas, O Rápido Australiano Jack Miller da Pramac, (Com a bela pintura preta e Amarela) O Inglês Cal Crutchlow com a LCR Honda.
    Espanhol Marevick Viñales com a Yamaha oficial abre a 3ªFila. O Espanhol esta sobre muita pressão e já começa a ter algumas especulações de que Quartararo pode ser promovido para a equipe oficial. Francesco Bagnaia larga em 8º, Mesmo a Ducati de 2018 ainda é bem competitiva, Ainda mais com uma mista rápida como é o circuito italiano. Andrea Dovizioso fecha a 3ªFila. Completando os 12 primeiros colocados, Takaagi Nakagami da LCR Honda de 2018, Pol Espargaró com sua KTM e Michele Pirro que ficou em 12ºlugar.
    Amanhã. As 6 da manhã começa a programação do Mundial de Motovelocidade, Com a Etapa da Moto 3, As 7 e 20 da manhã teremos a prova da Moto 2 e as 9 da Manhã a prova da categoria principal, Possivelmente para vemos a 4ªVitória na temporada.
    Fotos:




    Grid de Largada do GP da Itália – MotoGP
    Pos Piloto Equipe Moto Tempo
    1 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 1’45.519
    2 20 Fabio Quartararo Petronas Yamaha SRT Yamaha 1’45.733
    3 9 Danilo Petrucci Mission Winnow Ducati Ducati 1’45.881
    4 21 Franco Morbidelli Petronas Yamaha SRT Yamaha 1’45.959
    5 43 Jack Miller Pramac Racing Ducati 1’46.029
    6 35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda 1’46.079
    7 12 Maverick Viñales Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha 1’46.181
    8 63 Francesco Bagnaia Pramac Racing Ducati 1’46.260
    9 4 Andrea Dovizioso Mission Winnow Ducati Ducati 1’46.293
    10 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda 1’46.387
    11 44 Pol Espargaró Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’46.433
    12 51 Michele Pirro Mission Winnow Ducati Ducati 1’46.638
    13 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’46.539
    14 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati 1’46.678
    15 41 Aleix Espargaró Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’46.899
    16 17 Karel Abraham Reale Avintia Racing Ducati 1’47.028
    17 99 Jorge Lorenzo Repsol Honda Team Honda 1’47.135
    18 46 Valentino Rossi Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha 1’47.184
    19 5 Johann Zarco Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’47.394
    20 36 Joan Mir Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’47.519
    21 55 Hafizh Syarhin Red Bull KTM Tech 3 KTM 1’48.222
    22 88 Miguel Oliveira Red Bull KTM Tech 3 KTM 1’48.235
    23 29 Andrea Iannone Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’48.303
    Texto: Deivison da Conceição da Silva
    Fotos: MotoGP
    Fonte: http://portalsportszone.com.br/marqu...to-em-mugello/

  9. #9
    Petrucci segura Marquez e conquista primeira vitória na MotoGP

    Após 124 largada e por ter passado por equipes CRT em 2012 como a Ioda e por ter andado tanto tempo pela Pramac, vendo as possibilidades de vitória escaparem diante dos seus dedos. Final o Italiano Danilo Petrucci alcança a sua primeira vitória da carreira. Em uma espetacular exibição no Circuito de Mugello, Segurando os ataques de Marc Marquez e de Andrea Dovizioso. Numa corrida excelente como o Mundial de Motovelocidade sabe proporcionar a todo o seu público.
    Marquez manteve a liderança, Com uma excelente largada de dois pilotos. Dovizioso que saiu do 9ºlugar pulou para o 3ºlugar atrás de Cal Crutchlow que subiu para o 2º e Alex Rins subindo do 13ºlugar para o 5ºlugar. Do outro lado, Fabio Quartararo foi engolido pelo pelotão da frente caindo para o 9ºlugar e Franco Morbidelli perdendo 6 posições caindo para o 10ºlugar.
    No final da primeira volta, Dovizioso e Petrucci passaram de uma vez Crutchlow e assumiram o 2º e 3ºlugares. Na segunda volta, Jack Miller entrou na briga, ultrapassando Crutchlow e Petrucci assumindo o 3ºlugar.
    A se destacar o excelente começo de prova de Alex Rins, Em 3 voltas e meia. Ele passou para o terceiro lugar, Superando Jack Miller e Danilo Petrucci. A Suzuki não tinha potência, mas compensava com sua ciclística. (Na Qual considero a melhor ciclística entre as motos da MotoGP) Principalmente sua ultrapassagem sobre Miller, que se aproveitou da briga dele com Petrucci.
    No começo da 5ªVolta, Petrucci e Miller devolveram Rins para o 5ºlugar. No final da 5ªVolta, Petrucci foi para cima de Dovi e realizou a ultrapassagem assumindo o 2ºlugar. O piloto da Ducati iria para cima de Marquez que não conseguia abrir do pelotão.
    Na 6ªVolta, Petrucci passou Marquez, A Formiga Atômica acabou se desconcentrando e levou ultrapassagem de Dovizioso, Miller e Rins caindo para o 5ºlugar. As dificuldades de Marc Marquez não pararam por ai, Na Volta seguinte ele passou Rins na reta com facilidade, Mas quando foi passar Miller, Não encontrou nenhuma facilidade. O piloto da Pramac deu uma fechada e protegeu muito bem essa posição.
    Os 5 primeiros colocados estavam muito juntos, Um pouco mais atrás vinha Crutchlow em 6ºlugar, O inglês liderava o pelotão que tinha Bagnaia, Nakagami e Quartararo. Eles estavam chegando na turma do pelotão de frente. Lá atrás, Valentino Rossi acabou indo ao chão, Depois de um péssimo treinamento e de ter se envolvido em confusão com Joan Mir, acabou Rossi tendo seu final de semana encerrado na caixa de brita de Mugello.
    Rins superou Petrucci na parte das curvas. Porém nas retas, o espanhol não tinha potência e as Ducati conseguira superar a moto da Suzuki com facilidade. Apesar disso, Rins conseguiu a liderança passando Petrucci no final da 9ªvolta. Na Reta, Rins foi engolido pelas Ducati e pelo Marc Marquez. Nas Curvas Rins recupera muito bem, Supera Marquez e vai para cima de Petrucci e Dovizioso.
    Na metade da corrida, Francesco Bagnaia que vinha na sua melhor corrida na MotoGP caiu e deixou a prova.
    A 10 voltas do final, Marquez superou Dovizioso alcançando o segundo lugar. Petrucci, Marquez, Dovizioso e Rins juntos com Miller um pouquinho afastado da turma em 5º. Crutchlow em 6º, sofria pressão de Nakagami. Enquanto isso Syarhin foi para o chão no final da 14ªVolta.
    Marquez buscou o vácuo para tentar superar Petrucci que queria de qualquer jeito a vitória e estava decidido a vencer. Nakagami passou Crutchlow e subiu para o 6ºlugar (O Japonês corre com a Honda de 2018 e o inglês corre com a Honda de 2019). A 8 voltas do final, Jack Miller vai ao chão e abandona a prova.
    Marquez tentou baixar a diferença para poder atacar Petrucci usando o vácuo. Ele conseguiu isso, Mas a potência da Ducati era muito forte e impossibilitava a Formiga Atômica de retomar a liderança. A 4 voltas do final, Dovizioso passou Petrucci e volta a liderança. Naquela altura da prova Dovi sairia de Mugello na liderança do Mundial por 1 ponto em relação a Marquez. Só que Petrucci voltou a liderança, Estava decidido a vencer de qualquer maneira.
    Na volta final, Marquez pegou todo o vácuo possível e acabou superando os dois pilotos da Ducati, Na curva um, Dovi e Marquez abriram um pouco na curva, Foi ai que Petrucci se aproveitou e passou ambos. Marquez foi feito doido para superar Petrucci, Mas não tinha jeito. O dia era mesmo de Danilo Petrucci. Após 124 corridas, ele finalmente viu a linha de chegada na frente. Foi a sua primeira vitória e praticamente a consolidação do seu bom trabalho na Ducati até agora.
    Marc Marquez acabou com o segundo lugar e agora esta com o jejum de 5 anos sem vencer em Mugello. Mesmo assim sai na liderança do Mundial, Agora com 12 pontos de frente para Andrea Dovizioso, que poderia também ter vencido a prova, por alguns detalhes ficou com o 3ºlugar. Alex Rins fez mais do que poderia se imaginar, Terminando a prova em 4ºlugar com uma Suzuki sem potência, Mas compensando tudo isso na parte das curvas e da sua ciclística.
    O Japonês Takaagi Nakagami fez uma corridaça, Um 5ºlugar que acabou não só sendo seu melhor resultado como sua melhor atuação na MotoGP. A frente de Marevick Viñales, Salvando um 6ºlugar para a Yamaha. É muito pouco para quem tem pilotos do Nivel de Rossi e do próprio Viñales.
    O Convidado Michele Pirro mostrou sua coragem em Mugello e acabou sendo compensado com o 7ºlugar. O piloto de Testes da Ducati voltou ao circuito italiano após um gravíssimo acidente no ano passado. Cal Crutchlow teve uma atuação decepcionante, Perdendo para seu companheiro de equipe (com equipamento inferior) ficando em 8ºlugar. Completando os 10 primeiros colocados vieram: Pol Espargaró com sua KTM e Fabio Quartararo da Yamaha Petronas. Após o segundo lugar no Grid de largada o que se pode dizer da atuação do francês é que foi uma tragédia.
    Aleix Espargaró de Aprilla ficou em 11ºlugar. Joan Mir acabou muito longe de Alex Rins em 12º, Acho que foi cedo demais a entrada dele na MotoGP visto o seu desempenho até agora.
    Jorge Lorenzo em mais uma atuação lamentável acabou a prova em uma triste 13ªposição. Não seria a hora de Lorenzo tentar voltar a Yamaha e tentar reconquistar o seu espaço ou então, Admitir que não tem mais capacidade de correr na MotoGP e partir ao Super Bike ou se aposentar. Karel Abraham e Andrea Iannone completaram a zona de Pontuação.
    Daqui a duas semanas, O Circuito da Catalunha voltara a receber um evento importante. Dessa vez com a 7ªEtapa do Mundial de Motovelocidade. Um campeonato que vem disputado e agora conta com um novo personagem entre os grandes pilotos. Parabéns Petrucci!
    Fotos:




    Resultado final do GP da Itália
    Mundial de Motovelocidade – MotoGP

    Pos Piloto Equipe Moto Tempo
    1 9 Danilo Petrucci Mission Winnow Ducati Ducati 41’33.794
    2 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda a 0.043
    3 4 Andrea Dovizioso Mission Winnow Ducati Ducati a 0.338
    4 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 0.535
    5 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda a 6.535
    6 12 Maverick Viñales Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha a 7.481
    7 51 Michele Pirro Mission Winnow Ducati Ducati a 13.288
    8 35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda a 13.937
    9 44 Pol Espargaró Red Bull KTM Factory Racing KTM a 16.533
    10 20 Fabio Quartararo Petronas Yamaha SRT Yamaha a 17.994
    11 41 Aleix Espargaró Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 20.523
    12 36 Joan Mir Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 20.544
    13 99 Jorge Lorenzo Repsol Honda Team Honda a 20.813
    14 17 Karel Abraham Reale Avintia Racing Ducati a 27.298
    15 29 Andrea Iannone Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 28.051
    16 88 Miguel Oliveira Red Bull KTM Tech 3 KTM a 30.101
    17 5 Johann Zarco Red Bull KTM Factory Racing KTM a 41.857
    x 43 Jack Miller Pramac Racing Ducati a 8 Voltas
    x 63 Francesco Bagnaia Pramac Racing Ducati a 12 Voltas
    x 55 Hafizh Syarhin Red Bull KTM Tech 3 KTM a 14 Voltas
    x 46 Valentino Rossi Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha a 16 Voltas
    x 21 Franco Morbidelli Petronas Yamaha SRT Yamaha a 18 Voltas
    x 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati a 23 Voltas
    Texto: Deivison da Conceição da Silva
    Fotos: MotoGP
    Fonte: http://portalsportszone.com.br/petru...ria-na-motogp/

  10. #10
    Marc Marquez vence pela 10ªVez em Saschenring e completa uma década de vitórias na Alemanha

    Um piloto vencer 10 vezes seguidas no mesmo lugar! Ninguém tinha conseguido fazer isso até o dia de hoje no Mundial de Motovelocidade. Marc Marquez conseguiu esse feito. Conquistando a 10ªvitória seguida. É um número impressionante para um piloto com 26 anos de idade, Marquez fez uma corrida tranquila, Muito pouco ameaçado no começo da prova e depois disso, acabou abrindo diferença muito grande sobre Rins primeiro e depois com a queda do piloto da Suzuki a vantagem aumentou mais ainda para Viñales, que ficou a maior parte da prova se defendendo de Cal Crutchlow.
    Na largada, Mesmo por fora, Marquez acabou mantendo a liderança, com Viñales, Miller, Rins e Crutchlow atrás dele. Fabio Quartararo caiu para o 6ºlugar. Na curva 12, Viñales tentou superar a Formiga Atômica que segurou a posição. Na segunda volta, Quartararo foi para o chão e abandonou a prova Alemã.
    Alex Rins superou Miller e chegou pra cima dos dois primeiros colocados. (Marquez e Viñales) Miguel Oliveira e Johann Zarco caiu, Os dois em temporada muito fraca de ambos. Cada vez mais, Miller vinha ficando para trás, Perderia a 4ªposição para Crutchlow da LCR Honda. Petrucci e Dovizioso vinha em 7º e 8ºlugares. No final da 4ªVolta, Rins com sua Suzuki superou Vinales e assume o 2ºlugar.
    Marc Marquez abriu 1 segundo sobre Alex Rins, Apesar da ótima ciclística da Suzuki, A superioridade de Marquez era evidente. No começo da 7ªVolta, Dovizioso supera seu companheiro de equipe e assumiu o 6ºlugar. Enquanto o vice-líder do campeonato abria , Danilo Petrucci segurava o pelotão que vinha atrás dele, Com Danilo Petrucci, Valentino Rossi, Joan Mir e um pouco mais atrás Aleix Espargaró.
    Marquez passou a ter 2 segundos sobre Rins que ainda tentava oferecer resistência, Viñales em 3º estava sendo pressionado pelo Inglês Cal Crutchlow. Lá atrás, Miller vinha sendo pressionado pelos pilotos da equipe oficial da Ducati. Na 14ªVolta, Petrucci volta a ficar na frente de Dovizioso. Numa disputa valendo também a briga pela vice-liderança do Mundial.
    2 voltas depois, Miller foi superado por Petrucci e perdeu o 5ºlugar, Na 17ªVolta, foi a vez de Dovi superar o piloto da Pramac que já estava com seus pneus desgastados. Pior situação era de Valentino Rossi foi superado pelo jovem Joan Mir e vinha em uma lamentável 10ªposição.
    A 12 voltas do final, Rins vai para o chão na curva 11. Com isso, Marquez agora tinha uma vida realmente tranquila para Viñales, O piloto da Yamaha tinha que se preocupar mais com Crutchlow e não tentar o milagre de tirar 5 segundos de frente que Marquez tinha.
    Tinha uma bela disputa pelo 4ºlugar, Joan Mir chegou a disputar o 4ºlugar com Petrucci. Em um determinado momento. Dovizioso, disposto a tentar ficar com o maior número de pontos possível acabou retornando a 4ªposição a 4 voltas do final, Após largar da 13ªposição.
    Petrucci recuperou posição de Dovizioso na volta seguinte. No meio dessa briga, O Australiano Jack Miller tenta superar ambos em uma tacada, Ele consegue superar Petrucci, Mas Dovi recupera posição na curva 2. Na penúltima volta, Aleix Espargaró que vinha fazendo uma boa corrida acaba indo ao chão.
    Na Volta final, Petrucci recupera a 4ªposição sobre seu companheiro de equipe. Enquanto que Viñales acabou abrindo vantagem para Crutchlow. (O Britânico estava com lesão na perna e acabou nas 2 voltas finais seu ritmo de prova piorando, Mas o pódio para o piloto da LCR Honda estava garantido)
    Marc Marquez conquista sua 10ªvitória seguida. Desde de 2010, O líder do campeonato (Abrindo 58 pontos de frente para Andrea Dovizioso) e vai para as férias como o homem a ser batido para a segunda metade de campeonato. 10 poles e 10 vitórias em 10 apresentações, Sendo 7 delas na MotoGP, 2 na Moto 2 e 1 nas 125cc.
    Marevick Viñales acabou segurando a segunda posição e leva a Yamaha ao pódio. O Espanhol deu um belo salto na classificação do campeonato. O pódio foi completado pelo inglês Cal Crutchlow, Uma bela corrida do piloto da equipe de Lucio Cecchinello mesmo sem estar 100% fisicamente.
    Danilo Petrucci acabou ficando com o 4ºlugar, Em duelo particular dos pilotos da Ducati o novato levou a melhor em cima do primeiro piloto Andrea Dovizioso, Que veio do 13ºlugar para ficar em 5ªposição. A diferença entre os dois caiu para 6 pontos. Em 6ºlugar ficou o Australiano Jack Miller, Que acabou se superando para acabar bem colocado com sua Pramac.
    Joan Mir com a Suzuki que cruzou a linha de chegada acabou na frente de Valentino Rossi em 7ºlugar. Apesar de voltar a marcar pontos, a fase do piloto de 40 anos de idade é a pior da sua carreira, Principalmente no Momento que poderia haver uma troca entre Quartararo e Rossi. No que significa que Rossi iria correr na Petronas e o Francês para a moto ocupada pelo The Doctor.
    Franco Morbidelli teve uma atuação burocrática e acabou em 9ºlugar. Stefan Bradl, dentro de suas limitações foi até melhor que Jorge Lorenzo. O Alemão fez um trabalho decente e completou os 10 primeiros colocados.
    Esteve Rabat que largou da última posição fez uma boa corrida de recuperação e dentro das suas limitações acabou em 11ºlugar. Pol Espargaró acabou decepcionando, A KTM não teve um desempenho esperado e o comandante da Fábrica Austríaca ficou em 12ºlugar. Andrea Iannone com a Aprilla, Takaagi Nakagami (Que sofre ainda com lesão pelo acidente no GP da Holanda) e Karel Abraham completaram a zona de pontuação.
    O Mundial de Motovelocidade vai para as férias de Julho e só volta no dia 4 de Agosto, Com a etapa da República Tcheca, no Circuito de Brno. Lá vamos descobrir se Marquez vai continuar imbatível ou alguém vai conseguir desafiar o piloto da Honda e tentar evitar o 6ºcampeonato da Formiga Atômica na categoria principal.

    Resultado Final da 9ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
    MotoGP – GP da Alemanha


    pos piloto Equipe Moto Tempo
    1 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 41’08.276
    2 12 Maverick Viñales Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha a 4.587
    3 35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda a 7.741
    4 9 Danilo Petrucci Ducati Team Ducati a 16.577
    5 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati a 16.669
    6 43 Jack Miller Pramac Racing Ducati a 16.836
    7 36 Joan Mir Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 17.156
    8 46 Valentino Rossi Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha a 19.110
    9 21 Franco Morbidelli Petronas Yamaha SRT Yamaha a 20.634
    10 6 Stefan Bradl Repsol Honda Team Honda a 22.708
    11 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati a 26.345
    12 44 Pol Espargaró Red Bull KTM Factory Racing KTM a 26.574
    13 29 Andrea Iannone Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 32.753
    14 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda a 32.925
    15 17 Karel Abraham Reale Avintia Racing Ducati a 37.934
    16 55 Hafizh Syarhin Red Bull KTM Tech 3 KTM a 41.615
    17 63 Francesco Bagnaia Pramac Racing Ducati a 56.189
    18 88 Miguel Oliveira Red Bull KTM Tech 3 KTM a 57.377
    x 41 Aleix Espargaró Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 2 Voltas
    x 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 12 Voltas
    x 5 Johann Zarco Red Bull KTM Factory Racing KTM a 28 Voltas
    x 20 Fabio Quartararo Petronas Yamaha SRT Yamaha a 29 Voltas
    Texto: Deivison da Conceição da Silva
    Fotos: MotoGP
    Fonte: http://portalsportszone.com.br/marc-...s-na-alemanha/

  11. #11
    Marquez desbanca Quartararo e conquista a pole em Silverstone, Rossi larga em 2º

    Marc Marquez na hora certa acabou superando Fabio Quartararo, para conquista a sua 60ªpole position da sua carreira, Contra todo o favoritismo do piloto da Petronas, Que acabou ficando de fora até mesmo na 1ªfila do Grid de largada. Destaque para o ótimo desempenho de Valentino Rossi, que pulou do 12ºlugar para a 2ªposição.
    No Q1, Andrea Dovizioso teve de usar sua moto reserva para conseguir sua classificação. Já Johann Zarco teve problemas com sua moto Titular, O piloto da KTM vive um inferno Astral desde do começo da temporada parecia totalmente desinteressado em participar da Classificação.
    Alex Rins de cara, já marcou o melhor tempo nos primeiros minutos de Classificação da repescagem, Com Pol Espargaró em segundo lugar. Dovizioso falhou na primeira volta, Mas na segunda volta ele já se colocou na segunda posição, Com 1:59.840 a 8 minutos e 30 segundos do final. Enquanto isso, Lorenzo vinha tomando mais de 2.5 segundos atrás de Rins. Na 9ªposição, Só atrás de Hafizh Syarhin e de Johann Zarco. (Que nem fez volta)
    A menos de 5 minutos do final, Todo mundo vai para a pista, Inclusive Johann Zarco. Mas as atenções estavam voltados para o que Dovizioso iria fazer. O Português Miguel Oliveira fez sua volta antes e foi uma boa volta, Colocando a moto da Tech 3 para o 4ºlugar.
    Dovizioso e Rins nos minutos finais acabaram com a brincadeira, Com 1:58.944, Dovi acabou com o melhor tempo da repescagem e Rins com 1:59.190 acabou conquistando a 2ªVaga, Como era esperado a classificação dos dois. Pol Espargaró fez o que era possível e ficou com o 3ºlugar, Com Johann Zarco em sua única volta ficando com o 4ºlugar.
    A Se destacar, Sylvain Guintoli que fez uma participação até que razoável ao ficar em 8ºlugar, A frente de Syarhin, Lorenzo e Abraham.
    Resultado do Q1:
    pos Piloto Equipe Moto Tempo
    1 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati 1’58.944
    2 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’59.190
    3 44 Pol Espargaró Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’59.549
    4 5 Johann Zarco Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’59.648
    5 88 Miguel Oliveira Red Bull KTM Tech 3 KTM 1’59.758
    6 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati 1’59.916
    7 29 Andrea Iannone Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 2’00.240
    8 63 Francesco Bagnaia Pramac Racing Ducati 2’00.362
    9 50 Sylvain Guintoli Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 2’00.660
    10 55 Hafizh Syarhin Red Bull KTM Tech 3 KTM 2’00.700
    11 99 Jorge Lorenzo Repsol Honda Team Honda 2’01.562
    12 17 Karel Abraham Reale Avintia Racing Ducati 2’04.845
    No Q2, Quartararo começou desde da sua primeira volta mostrou se favoritismo, Com 1:58.612 a menos de 10 minutos para o final, A frente de Marc Marquez e de Marevick Viñales. O Japonês Takaagi Nakagami teve sua boa volta anulada.
    Andrea Dovizioso a 8 minutos e meio do final acabou subindo para o 6ºlugar, Mas era pouco para o piloto da Ducati. 1 minuto depois, Franco Morbidelli subiu para o 6ºlugar superando o vice-líder do campeonato. Quem entrou no jogo foi Jack Miller, Que passou para o terceiro lugar, entrando na primeira fila, Deixando Viñales para o 4ºlugar.
    A menos de 5 minutos para o final, Todos os pilotos vão para tomar a pole de Quartararo. O Italiano Andrea Dovizioso fez sua parte e subiu do 7º para o 3ºlugar. Infelizmente para o piloto da Ducati perdeu o terceiro lugar para Alex Rins menos de 30 segundos do final. Quartararo e Viñales estavam com voltas vermelhas, Mas o francês não conseguiu melhorar sua volta, Já o piloto da Yamaha passou para o 4ºlugar.
    Depois do tempo zerado, Marquez, Rossi e Miller vinham com tudo para tentarem tirar a pole de Quartararo. Rossi marcou 1:58.596 e chegou a ficar por segundos na pole position, mas a pole position ficou mesmo nas mãos de Marc Marquez, com 1:58.168, colocando 444 milésimos de frente para o piloto da Yamaha. Jack Miller ficou com 1:58.602, O piloto da Pramac completou a primeira fila.
    Fabio Quartararo acabou deslocado da primeira fila por causa de 0.010 segundos, O piloto da Petronas larga em 4ºlugar e vai liderar a segunda fila. Que vai ter o Espanhol Alex Rins da Suzuki e Marevick Viñales com a Yamaha de fábrica.
    O Vencedor do GP da Áustria, Andrea Dovizioso não conseguiu uma boa posição no Grid de largada, O piloto da Ducati que larga em 7ºlugar, terá muito trabalho pela frente para buscar a vitória. Franco Morbidelli com a Petronas teve uma classificação honesta e Cal Crutchlow da LCR Honda completam a 3ªfila. Fechando os 12 primeiros e formando a 4ªfila estarão o Japonês Takaagi Nakagami da LCR Honda, Danilo Petrucci com a Ducati, O Italiano fez mais um treino decepcionante e Aleix Espargaró, que já fez muito por ter levado a Aprilla ao Q2.
    Amanhã, Às 9 da manhã teremos a 12ªetapa do Mundial de Motovelocidade, Em um dos circuitos mais tradicionais do Esporte a Motor Mundial. No circuito de Silverstone para mais um empolgante pega no Mundial de Motovelocidade.


    Grid de Largada:
    pos Piloto Equipe Moto Tempo
    1 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 1’58.168
    2 46 Valentino Rossi Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha 1’58.596
    3 43 Jack Miller Pramac Racing Ducati 1’58.602
    4 20 Fabio Quartararo Petronas Yamaha SRT Yamaha 1’58.612
    5 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’58.670
    6 12 Maverick Viñales Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha 1’58.762
    7 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati 1’58.762
    8 21 Franco Morbidelli Petronas Yamaha SRT Yamaha 1’59.096
    9 35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda 1’59.243
    10 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda 1’59.427
    11 9 Danilo Petrucci Ducati Team Ducati 1’59.487
    12 41 Aleix Espargaró Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’59.620
    13 44 Pol Espargaró Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’59.549
    14 5 Johann Zarco Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’59.648
    15 88 Miguel Oliveira Red Bull KTM Tech 3 KTM 1’59.758
    16 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati 1’59.916
    17 29 Andrea Iannone Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 2’00.240
    18 63 Francesco Bagnaia Pramac Racing Ducati 2’00.362
    19 50 Sylvain Guintoli Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 2’00.660
    20 55 Hafizh Syarhin Red Bull KTM Tech 3 KTM 2’00.700
    21 99 Jorge Lorenzo Repsol Honda Team Honda 2’01.562
    22 17 Karel Abraham Reale Avintia Racing Ducati 2’04.845
    Texto: Deivison da Conceição da Silva
    Fotos: MotoGP
    Fonte: http://portalsportszone.com.br/marqu...i-larga-em-2o/

  12. #12
    Nos metros finais, Alex Rins supera Marquez e conquista vitória

    Em uma sensacional corrida, O Espanhol Alex Rins deu a Suzuki sua segunda vitória em 2019. Em uma grande temporada que o jovem piloto vem fazendo esse ano. O Tempo todo andando na cola de Marquez e se aproveitando de uma pequena bobeada do Formiga Atômica para conseguir sua segunda vitória na carreira.
    A Expectativa na largada estava com o pole position Marc Marquez, A Revelação Fabio Quartararo, Valentino Rossi e Andrea Dovizioso. Só que após a largada, Na primeira curva. Fabio Quartararo acabou caindo e sem tempo para desviar, Andrea Dovizioso acabou acidentado, A Ducati acabou pegando fogo e o piloto acabou saindo de marca, Dovi teve perda repentina de memoria e vai ficar sobre observação no Hospital. Já o piloto da Petronas estava tudo bem e saiu sem ferimentos graves.
    Marquez continuou na frente, Com Rossi e Rins acompanhando o líder do campeonato. Viñales vinha disputando o 4ºlugar com Ítalo-brasileiro Franco Morbidelli. Na metade da 2ªVolta, Rins superou Rossi e assumiu a segunda posição. Como a moto da Suzuki era melhor na ciclística e a moto do Marquez estava mostrando um desequilíbrio na sua moto, era possível que Rins vencesse a corrida. Enquanto isso o piloto da Honda poderia abrir mais 25 pontos a frente de Dovizioso.
    Já Viñales conseguiu passar Morbidelli e tentava fugir do piloto da Petronas que sobrou na corrida e Também de Cal Crutchlow, que queria vencer a prova na sua casa. Já Jack Miller largou muito mal e caiu para a 7ªposição.
    Na quinta volta, Marquez passou a ser pressionado pelo Alex Rins, Os dois fugiam de Valentino Rossi que já ficava mais para Viñales, Com muito mais desempenho que o consagrado piloto de 40 anos de idade. Na 7ªVolta, ocorreu a Ultrapassagem do Viñales. O Japonês Takaaki Nakagami que tinha ganho o 8ºlugar sobre Pol Espargaró acabou indo para o chão, Assim como Rabat voltas antes, Os dois voltaram a prova.
    Cal Crutchlow chegou a superar Franco Morbidelli no final da 8ªVolta, Mas acabou 2 voltas depois recuando para o sexto lugar e depois ficou mais para o Australiano Jack Miller.
    Na 10ªVolta, Johann Zarco disputando posição com Miguel Oliveira acabou caindo e levando com ele o piloto da Tech 3, Os dois pilotos deixaram a prova e a situação do piloto da KTM fica mais complicado. O Francês já esta fora da equipe para a temporada de 2020.
    Enquanto Marquez e Rins disputavam a liderança e a vitória, Marevick Viñales tentava se aproximar dos dois primeiros colocados. Na parte de trás, Danilo Petrucci com muita dificuldade acabou superando a Pol Espargaró ganhando o 8ºlugar. Perto deles estavam os dois pilotos da Aprilla, Aleix Espargaro e Andrea Iannone estavam fazendo uma boa corrida.
    A 8 Voltas do final, Crutchlow superou Miller e recuperou o 6ºlugar, Enquanto que Viñales tentava uma aproximação de Marquez e de Rins. A medida que a corrida chegava ao final, Dava para perceber que a moto da Suzuki estava muito mais equilibrada do que a moto do Formiga Atômica. Se Rins conseguisse a ultrapassagem ele poderia partir para a vitória.
    A menos de duas voltas do final, Rins ataca Marquez e chega a passar o Formiga Atômica na primeira curva, Marquez conseguiu recuperar a liderança. Na entrada da volta final, Rins ataca novamente Marquez, Por fora. O piloto da Honda se defende bem e o piloto da Suzuki chega a ir por fora da pista.
    Parecia que Marquez iria segurar a vitória usando a potência do motor Honda. Até a metros do final, Mas dai, Marquez deu uma balançada na moto. Isso foi que Rins precisava para superar o piloto da Honda e conquistar a vitória em Silverstone. Acho que só Rins mesmo acreditava que a metros do final ele conseguiria vencer Marc Marquez.
    A Suzuki venceu pela segunda vez em Silverstone (A primeira foi com Marevick Viñales em 2016) Marc Marquez ficou com o segundo lugar, Apesar de perder a vitória pela segunda vez os últimos metros, ele abre mais 20 pontos de vantagem para Andrea Dovizoso na liderança do campeonato e fica mais perto do seu 6ºtítulo Mundial. O pódio foi completado pelo Espanhol Marevick Viãnles, O piloto da Yamaha completou a trinca de pilotos espanhóis nas 3 primeiras posições.
    Valentino Rossi, no qual se esperava muito, Deixou seus fãs frustrados com a corrida que ele acabou fazendo, Não conseguindo ser competitivo a ponto se quer de disputar o pódio. O Ítalo-brasileiro Franco Morbidelli repetiu o seu melhor resultado na Moto GP, ficando em 5ºlugar.
    O Inglês Cal Crutchlow não teve uma grande corrida, Só conseguiu levar a sua Honda LCR até o 6ºlugar, Com certeza o piloto da Casa esperava um resultado bem melhor que ele conseguiu no dia de hoje. Para a Ducati, foi um dia para se esquecer, Jack Miller com a Pramac foi a melhor Ducati da prova, com um apagado 7ºlugar. A prova de Danilo Petrucci foi bem ruim, não é admissível que um piloto com uma das melhores motos do Grid tenha dificuldade de superar um piloto da KTM e da Aprilla, Ficando em 8ºlugar, Numa corrida muito abaixo, mas muito abaixo do esperado.
    Pol Espargaró em uma bela corrida, levou sua KTM mais uma vez entre os 10 primeiros colocados e Andrea Iannone conseguiu fazer uma boa corrida com sua Aprilla e completou o GP da Inglaterra em uma decente 10ªposição.
    Francesco Bagnaia chegou em 11ºlugar, Sem muito destaque, assim como o Francês Sylvain Guintoli. O piloto de testes da Suzuki terminou a prova em 12ºlugar, ajudando a equipe a marcar pontos importantes para o campeonato de equipes. Hafizh Syarhin fez seu melhor resultado na temporada, Com o 13ºlugar, Superando no final a Jorge Lorenzo.
    Voltando depois de 4 corridas , Lorenzo teve uma corrida irreconhecível, Apesar de ter conseguido seu objetivo, O 14ºlugar esta muito longe do que já foi o Tri-campeão do Mundo na MotoGP. Será mesmo que não esta na hora do Gladiador do Asfalto repensar sua carreira como piloto? A Zona de pontuação foi completada pelo tcheco Karel Abraham.
    Daqui a 3 semanas, No dia 15 de Setembro, teremos o GP de San Marino. Marc Marquez terá a chance de consolidar mais ainda o campeonato. Dovizioso terá de começar uma incrível recuperação, Caso contraio, ele e todos os outros pilotos terão de ver de novo Marquez erguendo sua taça de campeão do Mundo.
    Fotos:




    Resultado final do GP da Inglaterra
    pos Piloto Equipe Motos Tempo
    1 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 40’12.799
    2 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda a 0.013
    3 12 Maverick Viñales Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha a 0.620
    4 46 Valentino Rossi Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha a 11.439
    5 21 Franco Morbidelli Petronas Yamaha SRT Yamaha a 13.109
    6 35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda a 19.169
    7 9 Danilo Petrucci Ducati Team Ducati a 19.682
    8 43 Jack Miller Pramac Racing Ducati a 20.318
    9 44 Pol Espargaró Red Bull KTM Factory Racing KTM a 21.079
    10 29 Andrea Iannone Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 25.144
    11 63 Francesco Bagnaia Pramac Racing Ducati a 40.317
    12 50 Sylvain Guintoli Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 45.478
    13 55 Hafizh Syarhin Red Bull KTM Tech 3 KTM a 54.783
    14 99 Jorge Lorenzo Repsol Honda Team Honda a 56.651
    15 17 Karel Abraham Reale Avintia Racing Ducati a 1’29.282
    16 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati a 1’31.716
    17 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda a 1’40.420
    NC 41 Aleix Espargaró Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 1 Volta
    NC 88 Miguel Oliveira Red Bull KTM Tech 3 KTM a 12 Voltas
    NC 5 Johann Zarco Red Bull KTM Factory Racing KTM a 12 Voltas
    NC 20 Fabio Quartararo Petronas Yamaha SRT Yamaha a 20 Voltas
    NC 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati a 20 Voltas
    Texto: Deivison da Conceição da Silva
    Fotos: MotoGP
    Fonte: http://portalsportszone.com.br/nos-m...uista-vitoria/

  13. #13
    Viñales assegura pole position em Misano, Pol Espargaró conquista impressionante 2ªposição.

    A Yamaha dominou a classificação de hoje em Misano. Com os 4 pilotos da marca (2 da equipe Movistar e os dois pilotos da Petronas) fizeram um grande treino e colocaram Marquez e outros pilotos no bolso. No final, O Espanhol Pol Espargaró levou a KTM a quase levar a pole position, Mas Vinãles acabou salvando a honra da Yamaha.


    Q1, Jorge Lorenzo continuava na sua via cruzes, Com todas as dificuldades de Aleix Espargaró da Aprilla, Com sua moto deficitária consegue ficar 2 décimos a frente do Tricampeão da MotoGP. Foram superados pelo Australiano Jack Miller e depois superado pelo Francês Johann Zarco com a KTM.
    Na Volta seguinte, Aleix Espargaró consegue voltar ao segundo lugar a 9 minutos e meio do final, Mas logo foi superado pelo Joan Mir da Suzuki, Jack Miller da Pramac e Johann Zarco da KTM. Lorenzo vinha em 9ºlugar, Apenas na frente de Abraham, Syarhin e Rabat.
    A 6 minutos e meio do final, Miller vai para a pista. Os restantes seguem pelo mesmo caminho. Danilo Petrucci que vinha decepcionando e Joan Mir vinham melhorando o tempo. Enquanto que o Espanhol da Suzuki melhora seu tempo para 1:33.495, Petrucci subiu para o 3ºlugar, O Italiano não desiste e vai para mais uma volta, Mas acabou perdendo tempo na reta final e fica em terceiro mesmo.


    Crutchlow subiu para o segundo lugar, Mas a 1 minuto do final, Zarco acabou marcando uma bela volta, Com 1:33.147, passando para a liderança. Francesco Bagnaia por 3 milésimos não tomou o segundo lugar de Joan Mir. O Espanhol acabou ficando com a segunda vaga no Q2. Por outro lado, Danilo Petrucci fez um treino decepcionante e vai largar apenas em 17ºlugar. A frente de Jorge Lorenzo, que infelizmente fez mais um treino ruim e vai larga em 18ºlugar.


    Resultado do Q1:
    pos Piloto Equipe Moto Tempo
    1 5 Johann Zarco Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’33.147
    2 36 Joan Mir Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’33.485
    3 63 Francesco Bagnaia Pramac Racing Ducati 1’33.488
    4 35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda 1’33.516
    5 41 Aleix Espargaró Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’33.522
    6 43 Jack Miller Pramac Racing Ducati 1’33.571
    7 9 Danilo Petrucci Ducati Team Ducati 1’33.630
    8 99 Jorge Lorenzo Repsol Honda Team Honda 1’33.777
    9 88 Miguel Oliveira Red Bull KTM Tech 3 KTM 1’34.162
    10 55 Hafizh Syarhin Red Bull KTM Tech 3 KTM 1’34.322
    11 17 Karel Abraham Reale Avintia Racing Ducati 1’34.401
    12 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati 1’34.904
    13 29 Andrea Iannone Aprilia Racing Team Gresini Aprilia Sem Tempo
    No Q2, Todo mundo ficou de olho no piloto de trás para abrir a volta atrás de um piloto rápido, a fim de buscar o vácuo. Esse tipo de atitude precisa de imediato ser revisto pelos comissários de pista, Ou o treino de classificação vai ficar sendo a palhaçada da Classificação do GP da Itália. Logo na primeira volta, ficou comprovado que a Yamaha vinha com a melhor moto do dia.
    Franco Morbidelli foi para a liderança, Mas Quartararo quebrou o cronometro e abriu 6 décimos sobre o companheiro de equipe. Viñales em 4º e Rossi em 5º, Os pilotos da equipe oficial estavam tomando tempo de novo da equipe satélite da Yamaha.

    A 9 minutos do final, Os 4 pilotos foram para a segunda volta. Quartararo baixou seu tempo para 1:32.571, Colocando 2 décimos em cima de Morbidelli. Marc Marquez em 3º, Vinha sendo o intruso na festa da Yamaha em Misano. Na frente de Viñales e Rossi. O Vice-líder do campeonato, Andrea Dovizioso subiu do 12º para o 10ºlugar.


    A 7 minutos do final, enquanto quase todos os pilotos foram para os boxes, Marquez e Viñales voltaram para a pista. Enquanto o piloto da Honda não conseguiu melhorar sua volta, O piloto da Yamaha supera o formiga atômica passando para a 3ªposição a 4 minutos e 20 segundos do final.
    Marquez foi para os boxes e voltou para a pista segundos depois. Enquanto que todos os outros pilotos foram para a última tentativa. O Ítalo-brasileiro Franco Morbidelli, que vinha com 2 parciais vermelhas, tinha tudo para levar a pole position. Mas acabou o piloto da Petronas perdendo o controle da moto. Por muito pouco, não provoca a queda de Morbidelli.
    Alex Rins subiu do 10º para o 7ºlugar a 1 minuto e 25 segundos do final. Tudo encaminhava para uma pole position para Fabio Quartararo, Até que Pol Espargaró fez uma brilhante volta, Praticamente perfeita, Com 1:32.560 o piloto da KTM estava com a possibilidade de Tomar a pole da Yamaha e de levar a KTM a primeira pole da sua história na MotoGP.


    Porém, Viñales fez uma volta perfeita e acabou levando a pole position, Com 1:32.265. O piloto da Yamaha confirmou o seu favoritismo no circuito de Misano. Mas a festa ficou mesmo para a fabricante Austríaca, que pela primeira vez viu um piloto levar a moto para a segunda posição. A primeira fila será completada pelo francês Fábio Quartararo da Petronas.
    A Segunda fila, Largam os pilotos Franco Morbidelli da Petronas, Marc Marquez com a Honda e Andrea Dovizioso da Ducati.


    Marquez e Rossi acabaram se atrapalhando suas voltas finais, Nisso, Dovi se aproveitou e subiu para o 6ºlugar, Fechando a 2ªfila. Valentino Rossi acabou perdendo terreno no final e vai abrir a 3ªFila, Com Johann Zarco, que fez um treino bem decente e larga em uma boa posição e Alex Rins com a melhor Suzuki. Completando os 12 primeiros colocados: O Espanhol Joan Mir, O Japonês Takaagi Nakagami e o Italiano Michele Pirro, Piloto de testes da Ducati.
    Amanhã, A moto GP vai entrar na pista a partir das 9 da manhã, Horário de Brasília. A corrida da Moto 3 começa as 6 da Manhã, As 7 e 15 Horas começa a moto 2. Antes disso, teremos a 4ªprova da Moto E.


    Grid de Largada – GP de San Marino
    pos Piloto Equipe Moto Tempo
    1 12 Maverick Viñales Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha 1’32.265
    2 44 Pol Espargaró Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’32.560
    3 20 Fabio Quartararo Petronas Yamaha SRT Yamaha 1’32.571
    4 21 Franco Morbidelli Petronas Yamaha SRT Yamaha 1’32.710
    5 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 1’32.742
    6 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati 1’33.038
    7 46 Valentino Rossi Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha 1’33.079
    8 5 Johann Zarco Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’33.123
    9 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’33.265
    10 36 Joan Mir Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’33.431
    11 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda 1’33.449
    12 51 Michele Pirro Ducati Team Ducati 1’33.461
    13 63 Francesco Bagnaia Pramac Racing Ducati 1’33.488
    14 35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda 1’33.516
    15 41 Aleix Espargaró Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’33.522
    16 43 Jack Miller Pramac Racing Ducati 1’33.571
    17 9 Danilo Petrucci Ducati Team Ducati 1’33.630
    18 99 Jorge Lorenzo Repsol Honda Team Honda 1’33.777
    19 88 Miguel Oliveira Red Bull KTM Tech 3 KTM 1’34.162
    20 55 Hafizh Syarhin Red Bull KTM Tech 3 KTM 1’34.322
    21 17 Karel Abraham Reale Avintia Racing Ducati 1’34.401
    22 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati 1’34.904
    23 29 Andrea Iannone Aprilia Racing Team Gresini Aprilia Sem Tempo
    Texto: Deivison da Conceição da Silva
    Fotos: MotoGP
    Fonte:http://portalsportszone.com.br/vinal...nte-2aposicao/

  14. #14
    De forma magistral, Marquez supera Quartararo na volta final, vence e conquista o 6ºtítulo Mundial na MotoGP

    Era farpas contadas que Marquez seria o campeão dessa temporada. Porém, O Formiga atômica não se contentou em só ser campeão da temporada por antecipação. E partiu para a vitória, Após uma longa disputa com o seu novo arquirrival Fabio Quartararo. Marquez assim como em Misano passou seu adversário na volta final e conquistou sua 9ªVitória na temporada e de quebra definiu o campeonato no Circuito de Chang, Na Tailândia.
    Antes da Largada, A moto de Jack Miller deu problemas e ele teve de largar dos boxes. O pole position Fabio Quartararo, Largou muito bem e seguiu na liderança, Já Marquez acabou superando Viñales e passou para o segundo lugar, O piloto da Yamaha tentou voltar a frente, Só que o Formiga Atômica se segurou na posição. Andrea Dovizioso pulou do 6º para o 4ºlugar.
    Logo na segunda volta, Marquez foi para cima de Quartararo e por fora da 1 reta longa (Depois da reta dos boxes) O Espanhol supera o francês, Mas perde a curva acaba Quartararo voltando a ponta. A medida que a prova iria acontecendo, Quartararo e Marquez se distanciaram muito de Viñales e mais ainda de Andrea Dovizioso e fizeram um duelo particular pela vitória em Buninam. Marquez era mais rápido nas retas, Mas o jovem piloto da Petronas compensava nas parte de curvas.
    Dovizioso estava ficando longe demais dos líderes, Pior que isso, Ele ficou mais para Morbidelli em um primeiro momento, Mas logo depois, Acabou ficando para Alex Rins da Suzuki, Que superou o Ítalo-brasileiro e partiu para cima do piloto da Ducati. Já Valentino Rossi que tinha passado as duas Suzuki no começo da prova, Foi recuado para o 8ºlugar, após ser superado pelo Rins primeiro e depois pelo estreante Joan Mir.
    Naquela altura do campeonato, Já dava para perceber que o campeonato estava nas mãos de Marquez, Tanto é que o Formiga Atômica não precisava se quer atacar Quartararo. A prova acabou dando uma amenizada por algumas voltas na parte da frente.
    A partir da parte final de corrida, Marquez começou a provocar um erro do piloto da Petronas, Mas esse erro não aconteceu, Quartararo estava com pilotagem bem segura e parecia que seria bem difícil tirar a primeira vitória das mãos do Francês.
    O problema para Quartararo era que seu adversário era Marc Marquez, Sem Dúvida ele não se contentaria em ser campeão em 2ºlugar. Nas voltas finais, Marquez abriu fogo em cima de Quartararo. A 4ªVoltas do final o piloto da Honda tentou passar o piloto da Petronas por fora, Na mesma situação do começo da 2ªVolta… Ele passa, Mas perde a curva e o francês volta para a ponta.
    Viñales tentou chegar na disputa, Mas já estava muito tarde para conseguir brigar pela vitória. Na última volta, Quartararo vinha a frente de Marquez, Até que e na 2ªReta, O Formiga Atômica faz pela terceira vez a manobra de ultrapassagem, em cima de Quartararo por fora. Dessa vez, Marquez não espalhou e manteve a liderança nas mãos dele, Nas curvas finais, Quartararo foi para o desespero e fez uma última tentativa para levar a vitória para casa, O piloto da Petronas até passa o piloto da Honda, Mas leva o X e acaba vendo a vitória escapar das suas mãos.
    Marc Marquez ganha a corrida e confirma seu 6ºtítulo na categoria principal e o 8º da sua carreira. (125cc em 2010, Moto 2 em 2012, MotoGP em 2013,2014,2016,2017,2018 e agora em 2019) Marquez comemorou o seu título e o tema da festa foi a bola 8 do jogo de sinuca. Após ele simular jogar a bola 8 na caçapa, Marquez festejou o título, com uma gigante bola 8. Depois, festejou com o público, para ai voltar aos boxes e comemorar com sua equipe.
    Fabio Quartararo chegou em 2ºlugar e ficou muito chateado com a vitória que ele mais uma viu-se escapar diante de seus dedos, Foi o seu 5ºpódio na temporada e o terceiro pódio nessa posição. O pódio foi completado pelo Espanhol Marevick Viñales, Com a Yamaha.
    Andrea Dovizioso não teve condições de se quer ameaçar uma possibilidade de empurrar o título para Motegi. O piloto da Ducati fez uma corrida discreta, ficando com o 4ºlugar. Muito provavelmente o primeiro piloto da Ducati, que cumprimentou o campeão após a corrida deverá ficar com o vice-campeonato pela terceira vez seguida.
    Alex Rins levou a Suzuki para o 5ºlugar, novamente fazendo uma boa corrida após corrida fraca em Aragón e queda em San Marino. Franco Morbidelli, perdeu terreno na parte final de corrida, Ficando em 6ºlugar. Isso ofusca demais a temporada dele, em Relação ao desempenho surpreendente do seu companheiro de equipe. Visto que Franco não tem se quer um pódio nessa temporada contra 5 de Quartararo.
    Joan Mir conquistou uma boa 7ªposição, Ficando a frente de Valentino Rossi. O veterano de 40 anos de idade não conseguiu fazer uma boa corrida e ficou longe demais de uma briga por boas posições. Deixando mais uma vez a desejar ficou Danilo Petrucci, Que ainda assim chegou em 9ºlugar, A frente de Takaagi Nakagami. O nipônico levou sua moto Honda de 2018 bem a frente do primeiro piloto da LCR Honda. Seu companheiro de equipe Cal Crutchlow fez uma corrida patética, chegando em 12ºlugar, atrás de Francesco Bagnaia.
    Pol Espargaró fez o que era possível com a KTM e ficou em 13º. Jack Miller teve sua corrida totalmente comprometida com a falha da moto antes da largada. Sua corrida de recuperação só acabou levando o Australiano ao 14ºlugar, Salvando apenas 2 pontos no campeonato. Andrea Iannone levou a Aprilla ao último lugar na zona de pontuação.
    O Portal Sportszone parabeniza a Marc Marquez pelo Sexto título Mundial de MotoGP e o Oitavo título no Mundial de Motovelocidade. A próxima corrida acontece no Japão no dia 20 de Outubro, Em Motegi.
    Fotos:




    Resultado final do GP da Tailândia
    Moto GP

    pos piloto equipe moto Tempo
    1 93 Marc Márquez Repsol Honda Team Honda 39’36.223
    2 20 Fabio Quartararo Petronas Yamaha SRT Yamaha a 0.171
    3 12 Maverick Viñales Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha a 1.380
    4 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati a 11.218
    5 42 Álex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 11.449
    6 21 Franco Morbidelli Petronas Yamaha SRT Yamaha a 14.466
    7 36 Joan Mir Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 18.729
    8 46 Valentino Rossi Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha a 19.162
    9 9 Danilo Petrucci Ducati Team Ducati a 23.425
    10 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda a 29.423
    11 63 Francesco Bagnaia Pramac Racing Ducati a 30.103
    12 35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda a 33.216
    13 44 Pol Espargaró Red Bull KTM Factory Racing KTM a 35.667
    14 43 Jack Miller Pramac Racing Ducati a 39.736
    15 29 Andrea Iannone Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 40.038
    16 88 Miguel Oliveira Red Bull KTM Tech 3 KTM a 40.136
    17 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati a 44.589
    18 99 Jorge Lorenzo Repsol Honda Team Honda a 54.723
    19 17 Karel Abraham Reale Avintia Racing Ducati a 56.012
    20 55 Hafizh Syahrin Red Bull KTM Tech 3 KTM a 1’01.431
    x 41 Aleix Espargaró Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 9 Voltas
    x 82 Mika Kallio Red Bull KTM Factory Racing KTM a 23 Voltas
    Texto: Deivison da Conceição da Silva
    Fotos: MotoGP
    Fonte: http://portalsportszone.com.br/de-fo...ial-na-motogp/

Etiquetas para este tema

Permisos de publicación

  • No puedes crear nuevos temas
  • No puedes responder temas
  • No puedes subir archivos adjuntos
  • No puedes editar tus mensajes
  •